Sobre os planos Divinos e o uso correto da energia vital…

O mundo na quinta dimensão é o mundo sem limitações. O mundo a que todos somos chamados para viver nesse exato momento.

Esse incômodo, essa dor aí dentro do seu peito que não quer calar não vai calar enquanto você insistir em viver dentro do mundo velho, que torna visível no mundo da matéria exatamente o que sua consciência teme.

O planeta já vibra em outra frequência. E nós, que estamos aqui encarnados nesse período tão importante, temos uma missão.

Não há sentimentalismo para a Consciência Divina. O que precisa ser feito, será feito. Todos nós estamos sendo chacoalhados, porque a mudança tem que acontecer.

É hora de desapegar das antigas seguranças que nada têm de seguras. É hora de abrir os olhos para o fato de que os prazeres da matéria são ilusões. Eles apenas são reais quando materializam-se a partir do coração, a morada sagrada do Poder, Sabedoria e Puro Amor que você é.

Há um trabalho a ser feito, certamente. Há um processo contínuo de sacrifício do ego e renovação da fé. O ego que esperneia, que não abre mão facilmente do que ele está tão acostumado a comandar.

Você já sabe que as formas com as quais você se relacionou até aqui não te trouxeram felicidade, certo? Você sabe também que essa vida de escassez e de doenças não te serve mais, não é mesmo?

É necessário que se fale abertamente sobre o abismo que tem sido criado entre a luz que nós somos e a realidade da Terra devido ao uso irresponsável da energia sexual.

A energia sexual é a própria energia criativa divina. Enquanto ela for desperdiçada e trocada de modo promíscuo, totalmente desconectada do Amor Real, não será possível que o ser humano alcance a perfeição que ele é.

O sexo é consequência do Amor. Não do amor egóico, que quer o outro preso em suas garras fazendo todas as suas vontades. Não do desejo de autossatisfação. Mas do Amor Divino, que ama desinteressadamente e que só quer o bem do ser amado.

Isso nada tem a ver com a ideia de pecado que as religiões propagaram por tanto tempo e que precisa e vai definhar nos próximos anos. Tem a ver com as Leis da Existência, que se impõe agora para que os planos da Consciência Divina, da qual você é parte, se concretizem de maneira maravilhosa e perfeita.

É hora de agradecer a dor, entender seu recado e transcendê-la. O que conhecemos como felicidade até aqui nada tem a ver com o êxtase da felicidade que experimentaremos quando estivermos vivendo a plenitude que somos.

Está tudo certo. Tudo muito certo. Luz iluminando as sombras e arrebatando todas elas para o nada, de onde elas vieram. Dentro e fora. Fora e dentro.

Gratidão.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.