Derramei-me à mim

Quantos dias cabem em uma noite de saudade?
Se tu olhas no espelho, vês qual face?
Não sinto à mim, falta-me poesia
Alegria?
Não! Caminho entre flores e pedras
Entre o mar e a terra
O que tenho no peito
São suspiros que levarei ao meu leito.