A sombra do subdesenvolvimento

O subdesenvolvimento é uma força que mantém um país na pobreza, na falta de oportunidades e abre espaço à corrupção massificada. Considerando que ele não é uma coisa que anda por aí sozinha, ele se manifesta em pessoas e comportamentos subdesenvolvidos.

Estamos tão ocupados em pensar que somos vítimas da corrupção, do descaso das autoridades e da precariedade dos serviços essenciais que esquecemos que também ajudamos a manter este mal em curso.

Falamos do descaso do governo com a educação, mas desperdiçamos nosso tempo livre vendo reality shows ou jogando no celular. E ainda, temos baixos índices de leitura no Brasil. Vale lembrar que a busca pela educação não é apenas receber instrução, mas também cultivar hábitos educacionais.

Falamos da corrupção no congresso nacional, mas celebramos a cultura do malandro que se “dá bem” se aproveitando dos outros ou dando o dinheiro da cerveja para o guarda. Lembre-se que o político de hoje é um cidadão nas horas vagas, tanto quanto você e respira da mesma mentalidade que a sua.

Falamos da falência da saúde pública e da falta de remédio nos postos do SUS, mas pouca gente está realmente comprometida em acabar com os focos de dengue no próprio quintal. Lembre-se que saúde também implica em prevenção.

Poderia tecer aqui uma verdadeira colcha com comportamentos subdesenvolvidos, mas acredito que estes já são suficientes para ilustrar minha visão. A sombra do subdesenvolvimento nos acompanha em toda parte, desde o momento que acordamos.

Talvez você diga que faz a sua parte para melhorar a situação, mas lamento informar que estatisticamente você faz parte de uma minoria. Todo mundo bate no peito se isentando da culpa, nem sei porque tem tanto atraso por aí…

Um país que deseja crescer deve entender que o mal começa dentro de cada um. Pare de esperar pelo outro. Em que parte da sua vida as sombras se escondem?

Fica o texto de Gandhi:

Seja a mudança que deseja ver no mundo.
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.