Café e contemplação.

Quem assistiu a recente e incrível Stranger Things se identificou muito com a frase “Manhãs são para café e contemplação”.

Me incluo entre os apreciadores dessa filosofia, mas devo confessar que não pratico. O que seria do nosso dia se utilizassemos parte do nosso tempo para contemplação?

“Con.tem.pla.ção” — mente em abstrações; meditação, reflexão.

Das interpretações linguísticas da palavra, essa é a minha escolhida. Nós vivemos na geração da informação e desinformação, do saber e logo esquecer. Do fazer, produzir e repetir. Hoje é raro dedicar tempo para refletir, refletir de verdade a ponto de abstrair, de viajar e esquecer onde começou e se sentir bem com isso. Completo.

Hoje buscamos ter — saber — fazer para de alguma forma completar.


Você tem parado para contemplar?

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.