Tomorrowland: A Gourmetização do Namastê
Artur Tavares
12610

ola , parabens pelo seu texto, tem ritmo e selecionou as musicas pra exemplificar, mas não concordo com o fato de vc julgar os “que usam sapatenis” e que so na Respect o namastê é verdadeiro, porque o namastê vem do coraçaõ e você é Deus pra saber ? Mesmo porque la se usa muita droga tambem! A ideia de uma transcendencia atraves da musica e da dança são muito antigas e independem de psicoativos externos. Concordo que esse movimento de viver numa alegria imensa por perceber o aqui-agora embalados por estimulos criados pelo homem corrupto estejam sendo mais um centro de consumismo como num shopping, eles conseguiram isso atraves de divulgação, marketing, e outras tecnicas subliminares…. eles são bons nisso e acho q vc ta aprendendo bem o jeito deles. Acredito q eventos como o respect e outros que em essência visam resgatar no ser humano a atitude de partilhar amor e espaços devem crescer atraves da atração e não da promoção como você fez agora de graça. Ou recebeu $ pra isso?

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.