O senhor doutor é um parolo
RJ Pinho
16552

Bom dia.

Embora se trate aqui dum “post” bastante antigo, que li com muito interesse e concordância, no essencial, entendi, não obstante, deixar um esclarecimento claro sobre o mesmo por conter matéria sobre a qual o autor mostra desconhecimento.

Refiro-me em concreto ao parágrafo onde escreve: “…Há aparentemente ainda outros títulos usurpados em Portugal, como os engenheiros-técnicos se apropriam do título de engenheiro. Não é só tudo falso, como é por cá o mau uso generalizado dos títulos uma fraude socialmente aceite…”

Efectivamente o título profissional de Engenheiro Técnico, também faz parte do meu curriculum profissional (ISEP), além do de Arquitecto (FAUTL) e pós graduado em Construção no IST.

Tal título é de facto inadequadamente usado e visa únicamente distinguir o engenheiro de 1º nível - com 3 anos de formação em Engenharia- como é classificado nos países desenvolvidos e mais igualitários europeus, conforme você refere no seu artigo, e isto é a licenciatura pós-Bolonha, e na FEANI, Federação Europeia dos Engenheiros, do Engenheiro de 2º nível, qualificado com mais dois anos de estudos, apto para actos de engenharia mais complexos e com acesso a graus superiores de investigação. Assim sendo nos países desenvolvidos e nas classificações da FEANI, é ao engenheiro de 1º nível que cabe a prática comum dos actos de engenharia nas empresas, no estado, ou em profissão livre, cabendo aos engenheiros de 2º nível a direcção das obras complexas (pontes de certa dimensão, edifícios de tecnologia complexa etc…).

Ora em Portugal em vez da classificação europeia — Engenheiro de 1º nível ou de 2º nível — adoptou-se, muito por força da instituição coorporativa, Ordem dos Engenheiros, a designação de Engenheiro Técnico para distinguir os engenheiros de 1º nível, à semelhança do que acontecia em Espanha, porque em Portugal os títulos são muito importantes e o título de Engenheiro simplesmente, teria que ser o título a atribuir aos membros da OE.

Penso ter esclarecido: o Engenheiro Técnico em Portugal é o que na Europa pela classificação da FEANI, constitui o Engenheiro de nível 1 ou seja o correspondente à licenciatura de Bolonha.

Com os meus melhores cumprimentos.

Vítor Cruz

_hashPs���

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.