Menti.

Até nisso, naquilo…

Até pra mim mesmo, imagine para ti!

Nas expressões impetuosas, sem uma palavra, eu menti.

Nas primeiras intenções e nas segundas-feiras.

No batismo, sem saber. No altar então… que será!?

Por que precisava e gostava… gosto.

Por que era bom mentiroso, sou!

Por que a verdade era desgraçada, é!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.