Decidi descascar abacaxi

Sobre tirar ideias do papel por causas que também importam

Eu tô num frenesi. Terminei a graduação em Comunicação; e com um projeto INCRÍVEL. Incrível, não só porque foi bem avaliado, mas porque cumpriu o que eu me propus lá no ano passado: Causar transformações.

Já falei do Projeto “Em Família” num post lá no meu blog, o IDQ+. Mas do Em Família, veio também a necessidade de expandir, de falar e fazer mais a respeito. Aí eu entendi que podia aliar ideias criativas e demandas reais das causas pelas quais luto e acredito.

Uma das coisas legais que me aconteceu no último ano foi a oportunidade de conhecer e conversar com pessoas interessadas na minha temática (LGBT). Inclusive, muitos desses encontros foram apresentados lá no Em Família.

Enfim, a questão aqui é que o projeto poderia acabar junto com o meu curso, ou eu teria que conseguir uma forma de manter essas minhas trans/inspirações. Foi aí que decidi descascar abacaxi.

A Descascando Abacaxi, ou a Desabacaxi (Como já apelidei pra facilitar nas internets) funciona então como um laboratório de projetos. A ideia é produzir eventos, ações e conteúdos que trabalhem temas importantes e deem visibilidade para assuntos que não costumam ter espaço na sociedade, por exemplo, pautas LGBT.

Na verdade, é uma maneira legalzona de “Ops, pensei numa coisa, vamo fazer pra ver no que dá!”.

Óoh pra conhecer mais do projeto é só curtir lá no Facebook. Clica aqui. Tem perfil no Instagram também, é o @desabacaxi .

E no Youtube: