Image for post
Image for post

Planejar o casamento é a principal estratégia para que os noivos alcancem o sonho da cerimônia perfeita. Seja grande ou mais intimista, fazer planos, cálculos e tomar decisões nos momentos certos é fundamental para o sucesso das bodas.

É ideal começar o planejamento o mais cedo possível — de preferência, em torno de 18 a 12 meses antes. O tempo será necessário para definir as prioridades, estabelecer os responsáveis por cada serviço, elaborar as listas de convidados e de presentes e escolher o melhor site de casamento.

Ter o tempo como aliado evita atropelos, possibilita resolver imprevistos com calma, garante…


Image for post
Image for post

A tecnologia tem sido uma grande aliada de noivos e noivas na hora de planejar o grande dia. Com auxílio de sites e aplicativos, o casal pode organizar a cerimônia de maneira mais específica, atendendo a todas as suas necessidades. Prova da facilidade oferecida pela internet é uma das maiores tendências atuais: a lista de presentes de casamento em dinheiro.

Noivos que já moram juntos e tem casa completamente mobiliada não precisam se preocupar no que sugerir como presente, já que os sites de casamento oferecem a opção de listas fictícias. Assim, o convidado escolhe um determinado presente simbólico —…


Image for post
Image for post

Não há dúvidas de que a pandemia do novo coronavírus atrapalhou os planos de muitos noivos pelo mundo que, a fim de evitar aglomerações, optaram por adiar ou cancelar sua cerimônia de união. Só no Brasil, por exemplo, o ano de 2020 não chegou nem a 65% do número de casamentos registrados em 2019, de acordo com Registro Civil.

Mas o futuro parece ser promissor para os vários casais que ainda desejam realizar suas festas. Com o início de processos de vacinação em diversas nações, o Brasil pode estar próximo da imunização, permitindo que eventos voltem a ser seguros.

Engana-se…


Planejar o casamento é a principal estratégia para que os noivos alcancem o sonho do sonho perfeito. Seja grande ou mais intimista, fazer planos, cálculos e tomar decisões nos momentos certos é fundamental para o sucesso das bodas.

Image for post
Image for post

É ideal começar o planejamento o mais cedo possível — de preferência, em torno de 18 a 12 meses antes. O tempo será necessário para definir as prioridades, definir os responsáveis por cada serviço, elaborar as listas de opções e de presentes e escolher o melhor site de casamento .

Ter o tempo como aliado evita atropelos, possibilita resolver imprevistos com calma…


Image for post
Image for post

A tecnologia tem sido uma grande aliada de noivos e noivas na hora de planejar o grande dia. Com auxílio de sites e aplicativos, o casal pode organizar uma instrução de maneira específica, atendendo a todas as suas necessidades. Prova da facilidade oferecida pela internet é uma das maiores tendências: a lista de presentes de casamento em dinheiro.

Noivos que já moram juntos e tem casa completamente mobiliada não precisam se preocupar no que sugerir como presente, já que os sites de casamento oferecem a opção de listas fictícias. Assim, o convidado escolhe um presente simbólico determinado — por exemplo…


Image for post
Image for post

O universo dos casamentos foi um dos mais afetados pela pandemia do coronavírus. Por serem festas com grandes focos de aglomeração, proibidas em diversas cidades do país, noivas e noivos se viram obrigados a adiar ou cancelar as celebrações que planejavam.

No Brasil, o impacto foi perceptível no número de registros oficiais de casamentos, de acordo com dados divulgados pela Central Nacional de Informações do Registro Civil. Em abril de 2020, o mês de maior baixa, foram realizados pouco mais de 25,5 mil casamentos. Isso significa queda superior a 50%, se comparado ao mesmo período do ano passado.

Porém, com…


Com a chegada da pandemia e restrições de aglomerações e festas, noivos de todo o mundo tiveram que encurtar ainda mais uma lista

Image for post
Image for post

Já há alguns anos, casamentos menores, para um número restrito de torneiras, tornam-se tendências no meio. Seja por preferência dos noivos ou por motivos econômicos, comemorações como o mini casamento, para no máximo 100 pessoas, são cada vez mais comuns.

Com a chegada da pandemia e restrições de aglomerações e festas, noivos de todo o mundo tiveram que encurtar ainda mais uma lista de torneiras — provoca em uma crescente agravação do chamado micro casamento. Nesse caso, a comemoração deve contar com cerca de 20 a 40 pessoas.

O resultado, além de um orçamento mais folgado para cada convidado —…


Image for post
Image for post

A pandemia do coronavírus foi responsável pelo cancelamento e adiamento de muitos eventos importantes, como casamentos e festas de formaturas programadas para 2020. Aqueles que achavam que poderiam passar ilesos pela crise, com cerimônias marcadas para o final do ano, pouco a pouco estão percebendo que também podem ser vítimas da situação. Isso porque, desde novembro, casos de Covid-19 voltaram a disparar no Brasil, indicando a chegada de uma segunda onda da doença.

Nove meses de pandemia não foram suficientes para estabelecer um padrão de comportamento frente a cancelamentos de eventos como festas de casamento. Por isso, ainda em dezembro…


Reprodução Internet
Reprodução Internet
Reprodução Internet

Não há dúvidas de que a pandemia do novo coronavírus atrapalhou os planos de muitos noivos pelo mundo que, a fim de evitar aglomerações, optaram por adiar ou cancelar sua cerimônia de união. Só no Brasil, por exemplo, o ano de 2020 não chegou nem a 65% do número de casamentos registrados em 2019, de acordo com Registro Civil.

Mas o futuro parece ser promissor para os vários casais que ainda desejam realizar suas festas. Com o início de processos de vacinação em diversas nações, o Brasil pode estar próximo da imunização, permitindo que eventos voltem a ser seguros.

Engana-se…


A pandemia do coronavírus foi responsável pelo cancelamento e adiamento de muitos eventos importantes, como casamentos e festas de formaturas programadas para 2020. Aqueles que achavam que poderiam passar ilesos pela crise, com cerimônias marcadas para o final do ano, pouco a pouco estão percebendo que também podem ser vítimas da situação. Isso porque, desde novembro, casos de Covid-19 voltaram a disparar no Brasil, indicando a chegada de uma segunda onda da doença.

Image for post
Image for post

Nove meses de pandemia não foram suficientes para estabelecer um padrão de comportamento frente a cancelamentos de eventos como festas de casamento. Por isso, ainda em dezembro…

Joseani Aparecida Alito

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store