13/01

Quem está aqui?

O fantasma real.

Domina, comanda.

Assusta.

Está aqui.

Embrenhado,

Intrínseco,

Grudado e espesso.

Dentro. Do corpo. Da mente. Da alma.

É preciso matar.

Arrancar tudo.

Botar pra fora essa dor.

A dor invisível.

Que não permite.

Que só bloqueia.

Que engana. Trapaceia.

É preciso rasgar seus pedaços.

Todos.

Todos os pedaços da dor.

Expurgar da vida.

É preciso morrer alguém.

Pro nada se reconhecer de novo.

E o tudo, enfim, um dia ser: pleno.

É preciso morrer para o continuar.

Chega.

Cansou de assustar.

Chega.

SP. 13/01/2017

©Jean Boëchat

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.