Carta Aberta a Vilma Gryzinski
M. Nicolosi
1658

Perfeito, queria eu ter escrito isso.

Também fiquei indignada com a estupidez e a baixeza desse artigo, e até pedi desculpas ao meu marido, que é canadense, e aos meus enteados e amigos daqui.

Como você, vim morar no Canadá há 7 anos, e sou muito feliz por ter tido o privilégio de conhecer meu marido, um gentleman, como a maioria dos canadenses, e por viver neste país maravilhoso, para onde eu queria poder trazer meus filhos, netos, a família toda e até os amigos.

Você lavou a nossa alma!

Parabéns pelo texto magnífico, que espero chegue a ela e à VEJA.

Like what you read? Give Jane Thede a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.