MPL; uma farpa sem sentido.

Bloco Pula Catraca? Vocês estão de sacanagem!

Imagine o seguinte: uma pessoa caminhando pela rua encontra uma lâmpada mágica e um gênio lhe oferece o direito de realizar três desejos. Então essa pessoa pensa por alguns instantes e pede: quero um copo de suco, um algodão-doce e um pão de queijo.

Depois de tudo realizado, gênio e lâmpada desaparecem. Pergunta; como você classificaria essa pessoa?

É exatamente assim que eu classifico esse pessoal que protesta a favor do passe livre!

Não, eu não concordo com essa ideia. E não concordo por ter um mínimo de entendimento sociopolitico que me permite compreender que o transporte público em uma cidade do tamanho de São Paulo só poderia ser gratuito para todas as pessoas se vivêssemos uma utopia. E meus caros, uma utopia só é possível (imaginando ser possível) se todos os setores e indivíduos de uma sociedade estiverem absolutamente comprometidos com a “causa”. Somente com imensa ingenuidade pode-se imaginar que o brasileiro está pronto para um sistema social perfeito!

Vejamos o próprio Movimento Passe Livre (MPL);

⁃ sentem-se com direito de protestar onde, como e quando quiserem como se fossem os donos da cidade.

Sim, é um direito protegido por lei que o cidadão possa protestar. Mas é também um dever deste manifestante respeitar algumas diretrizes. Determinar o trajeto da manifestação, por exemplo, permite que a cidade fique preparada. E não adianta fazer isso logo antes da manifestação começar.

⁃ exigem uma mudança sem compreender o sistema que desejam mudar.

Não só o MPL, ninguém sabe como o sistema de transporte público em São Paulo funciona. Não sabemos como o valor da passagem é calculado levando em conta o subsídio da prefeitura.

⁃ não oferecem uma solução que possa corrigir a falha que acentuam.

De onde viria o dinheiro para aumentar o subsídio e zerar a catraca?

⁃ estão politicamente despreparados e socialmente desamparados.

Quando foi que o grito mudou alguma coisa no Brasil?

Quem não faz parte do movimento já está cansado dessas manifestações. É justamente a classe que mais precisa do transporte público que mais sofre com toda essa palhaçada.

Vamos deixar a petulância do MPL de lado e pensar um pouco; alguém acredita que num sistema tão corrupto e burocrático quanto esse que nos governa, alguma ação é realizada em benefício único da sociedade? Alguém acredita que o estado irá favorecer a sociedade em 100% sem morder uma bela fatia de toda grana?

Até mesmo o mais ignorante em assuntos políticos compreende que o Brasil está nas condições que está por conta da corrupção que sempre agiu como um câncer no país. Sem a corrupção, eu imagino que haveria verba o suficiente para liberar as catracas do transporte público, mas mantendo estes parasitas no governo, a aprovação do passe livre seria uma evidente armadilha. O dinheiro certamente seria recolhido de outras formas e como o brasileiro não tem o menor interesse/entendimento político, todos nós pagariamos ainda mais.

Essa não é uma realidade que só duas ou três pessoas já cogitam. Todo mundo sabe que seria assim.

O aumento de R$0,30 centavos na passagem pelo menos é declarado, nós podemos ver para onde vai o dinheiro. E o que o pessoal do MPL finge não entender é que o governos pode acrescentar R$0,01 centavo em muitos impostos e ninguém vai nem notar. Daí, diriam “o governo ouviu a voz de seu povo. Passe livre já” e o MPL ficaria como os caras pintadas; iludidos por uma conquista irreal.

Por que esse pessoal não vai lá pra Brasília e leva seus vândalos (aquela “minoria” que adora destruir as coisas por considerar que “democracia é barulho”) e protestam pelo fim da corrupção?

Por que não se reúnem no vão do masp e fazem greve de fome?

Ah, muito comprometimento né?!

Seria muito interessante se nas próximas manifestações não houvesse cobertura da mídia. Como ficariam estes “bravos” cidadãos sem os holofotes da fama medíocre? Ou alguém pensa que o MPL sobreviveria sem a mídia?

E que tal sem policiamento? Não seria lindo vê-los sofrendo um arrastão e perdendo celulares, carteiras, mochilas, câmeras e máscaras? Será que iriam fazer um B.O.? Será que fariam queixas pela falta de segurança durante suas manifestações?

Já passou da hora desse pessoal adotar um pouco de responsabilidade e entender que as coisas não são tão simples. Foi legal no começo ver o povo unido, mas nunca houve ciência em paralelo com tanta determinação. Reunir-se na ignorância não gera desenvolvimento!

O Brasil está passando por tempos difíceis. Foi o povo brasileiro que fez escolhas erradas no passado cativado pelas esmolas que ofertaram. E é o povo que está pagando por toda a bagunça que esse pessoal está causando.

Já tá na hora MPL, já passou da hora!

O Brasil não é um país modelo, jamais viverá uma utopia, o povo está absolutamente indiferente ao movimento e tudo que você estão de fato conseguindo é causar transtorno. Um movimento (pra não dizer partido) que não tem organização, nem educação, baseado num falso comprometimento, sem nenhuma solução decente para oferecer, não merece nenhum tipo de prestígio!


Conheça O Opiniário
Clique em Recommend para compartilhar este artigo com seus seguidores.
Estamos também no Facebook.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated JAWs’s story.