Como o UX pode resolver o problema do trânsito sem tirar um só carro das ruas
Thiago Duarte
151

O problema do trânsito urbano está efetivamente resolvido. Agora é uma questão de tempo.

O Uber com motoristas humanos é apenas o MVP do Uber com veículos próprios, controlados por “robôs” e software.

Com isso, a demanda por estacionamentos cairá vertiginosamente. O desperdício do custo de propriedade dos veículos também. Cada vaga na rua poderá sem problemas se tornar ciclofaixa.

O espaço dentro dos carros, como você menciona, será completamente repensado para se tornar ou um escritório ou um espaço de lazer. (Talvez poderemos escolher que tipo de veículo estamos solicitando para o próximo deslocamento).

É importante que fique claro que o problema tecnológico para isso é inexistente. Ele já está resolvido. Especialmente para grandes centros urbanos. Nós, humanos, somos tão irresponsáveis ao volante (e incompetentes) que é em poucos anos sistemas melhores que nós foram desenvolvidos. (Claro que o trabalho é de melhora contínua e infinita).

A verdadeira questão é de ordem política, econômica (e os empregos?) e, finalmente, o hábito dos usuários (eu não tenho as manhas de entrar num carro sem motorista… ainda).

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.