É com esta frase de Ayrton Senna que inicio este primeiro post do nosso JCHEBLOG.

O JCHEBLOG foi, durante muitos anos, uma ferramenta de comunicação interna de nosso grupo. Em 2015 ele ganha uma nova missão: levar para o público a produção intelectual do time JCHEBLY. É justamente isto que teremos aqui de agora em diante, com textos e matérias especialmente produzidos pelos nossos profissionais, um espaço livre e colaborativo para o compartilhamento de experiências e exposição de ideias sobre os mais diferentes assuntos.

O JCHEBLOG surge em um momento de turbulência no cenário político e econômico nacional. Portanto, decidi abordar nesta primeira postagem a postura e a filosofia de nosso grupo em momentos desafiadores como este.

Nos nossos 39 anos de história enfrentamos inflação de 40% ao mês, Plano Cruzado, Plano Collor, Impeachment, Crise dos Tigres Asiáticos, dólar a mais de R$4,00, “marolas” e tsunamis. Em todos estes momentos, nós mantivemos o crescimento e sempre tivemos uma mesma filosofia, que pode ser traduzida nesta boa e velha frase: “Fazer do limão uma limonada”.

Adversidades, turbulências e crises são elementos que fazem parte da vida pessoal e profissional de todos. Já a forma como cada pessoa efetivamente lida com elas é que vai fazer toda a diferença. Na JCHEBLY, encaramos sempre os cenários aparentemente negativos como oportunidades de evolução e progresso. É esta a hora para batermos recordes!

É com esta atitude que iniciamos o ano de 2015 e nestes 4 primeiros meses já realizamos muito.

Criamos, agora em fevereiro, uma rede digital em 9 das principais rodoviárias de Minas Gerais. Estes Terminais Rodoviários se somarão aos 5 aeroportos e mais de 200 estabelecimentos que possuem nossas telas digitais em Minas Gerais, totalizando uma audiência de mais de 10 milhões de pessoas mês!

Em tempos de alta conectividade e grande necessidade de segmentação, o nosso Digital Out Of Home se apresenta como um veículo de comunicação poderoso, com um custo muito atrativo. Somos a terceira mídia que mais tem recebido aumento de investimentos por parte dos anunciantes, de acordo com o Intermeios (atrás apenas da internet e das TVs fechadas).

Como gosto de falar, possuímos uma mídia onLIFE, que está presente no dia a dia das pessoas. Não precisa ser conectada, comprada em banca de jornal, folheada ou sintonizada. A nossa rede digital encontra-se em locais de retenção, convivência ou espera, momentos mais do que oportunos para uma abordagem inteligente e de resultado por parte dos anunciantes.

Expandimos também a nossa cobertura de mídia no agora privatizado Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins), no Aeroporto Santos Dumont (RJ) e Salgado Filho (Porto Alegre). Bradesco, LG, Nespresso, Vivo e VW são alguns dos que já fecharam novos e diferenciados projetos anuais nestes terminais. Com o tempo iremos mostrando cada um deles em nossas redes sociais.

Também neste primeiro trimestre digitalizamos mais duas agências conceito do Citibank, uma em São Paulo e outra no Rio de Janeiro. Iniciamos a criação da rede digital corporativa na nova sede da MRV, Gerdau e na Magnetti Marelli, para substituir os tradicionais murais de recado por telas dinâmicas e muito mais impactantes. Nossa área de comunicação corporativa vem crescendo em ritmo constante e já possui em sua carteira mais de 20 nomes de peso: Fiat, Acellor Mittal, Porto Seguro, Líder Aviação, Ale Combustíveis, Vallourec Mannesmann, entre outros.

A Founders, agência digital do grupo, já começa grande. Nasceu em meados de fevereiro com clientes de alcance nacional, como Citibank, Itambé, Instituto Áquila e Grupo Ânima. Estamos contratando profissionais para BH e para as filiais de São Paulo e Rio de Janeiro.

Somos um Grupo de Comunicação que gosta de trabalhar com palavras, mas que prefere transformá-las em ação. É justamente isto que fazemos ao longo destes 39 anos, fizemos neste primeiro trimestre de 2015 e continuaremos fazendo incessantemente, dia após dia, ano após ano.

Em momentos turbulentos, devemos trabalhar dobrado, nos livrar de tudo o que está errado, focar em resultados e agir. Se há uma mensagem final que acredito que valha a pena neste post inaugural, é esta:

“Quem quer fazer, faz! Quem não quer, arruma uma desculpa. ”

Portanto, trate de fazer e abandone os milhares de desculpas de lado. Saia do lugar comum e se diferencie no meio da multidão. Arregace as mangas e concentre as suas energias para bater recordes. Com a atitude certa eles virão!

Leonardo Chebly, CEO do Grupo JCHEBLY

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.