sobre nosso tempo verbal

https://www.behance.net/jeanlucasouza

nós fomos o que nosso tempo nos permitiu.

nós vivemos o que conseguimos, nem tudo que queríamos mas tudo que podíamos.

nós planejamos o futuro, que agora me parece distante. mas passado e futuro ainda flertam com presente. certo?

gosto de pensar que nós somos ou fomos – ainda não sei muito bem em qual tempo verbal nos encaixamos – como uma instalação de arte, que apesar de não estar frequentemente em exposições, foi por muito tempo contemplada, talvez até tenha inspirado outrem e sempre existe a possibilidade de retomar seu ápice.