O novo de antes

um peixe, um par de botas

a areia da praia é a mesma dos andes?

um mercado, o novo de antes

trancadas, as portas

na minha cara, no meu nariz

a velha poeira queimada

pelos escapamentos assoprada

do lado de fora do Iguatemi

ou na calçada do Riomar

eu mesmo, nunca entrei lá

um dólar, por 24 horas

bancos, praças, escolas

todos particulares.

se pagou, tem que mostrar.