Letter of Intent J&J — JEFERSON DE LIMA SOUZA

Prazer, Eu sou Jeferson de Lima Souza, moro no interior de São Paulo, na cidade de Sorocaba, tenho 25 anos (quase 26, restando apenas mês). Sou formado em Engenharia Elétrica, em Técnico em Eletrotécnica, estou em busca de uma nova oportunidade no mercado, uma oportunidade a qual me proporcione conhecimentos e que eu consiga um espaço para expor minhas ideias. Estagiei durante dois anos na Engenharia de Manutenção da empresa ZF do Brasil, na cidade de Sorocaba mesmo (a qual por coincidência fica próxima a Johnson e Johnson). Esse período foi de grande valia o qual obtive uma grande evolução, tanto na minha carreira profissional, quanto na minha vida pessoal, aprendizado esse que levarei para minha vida toda. Trabalhei com ótimos profissionais, os quais puderam me passar um pouco de seus conhecimentos e suas experiências. No ano de 2017, parti para um do que seria, se não o maior, um dos maiores desafios da minha vida, fiz um intercâmbio para a Austrália, deixei tudo, família, amigos e fui sozinho morar em outro pais, com uma outra cultura, sem conhecer nada e ninguém, para aprimorar o idioma Inglês. Morei por um ano na cidade de Brisbane, no início tudo é novo, aquela sensação de felicidade misturada com medo, que requer muita energia e garra para enfrentar os desafios. Entre tantas coisas boas, também encontrei as que não tinham explicação, que tive que aprender a solucionar sozinho, foi uma experiência incrível, a qual obtive um amadurecimento enorme, as situações e experiências vividas me moldaram a isso, aprimorei muito o idioma, e também muito a minha vida pessoal, pois o intercâmbio promove a agregação de novas culturas, idiomas e também instiga o estudante a ver o mundo com outros olhos, passei alguns perrengues, trabalhos duros, mas com certeza tudo isso valeu a pena, fiz várias viagens, novos amigos e muitas experiências. Depois que você volta de um intercâmbio, são várias histórias pra contar. Algumas só fazem sentido para quem viveu aquela experiência.

Sempre fui uma pessoa muito amiga, que realmente se importa com pessoas, ajudo sempre posso e que seja do meu alcance, e faço de tudo para que esteja ao meu alcance. Sempre torço verdadeiramente pelo sucesso das pessoas, tanto profissional quanto pessoal, pois sei que os dias atuais estão tão difíceis, então temos que valorizar e comemorar cada vitória nas batalhas, mesmo sendo elas pequenas, pois vencendo pequenas batalhas é que se vence a guerra. Ter a humildade de aprender com outras pessoas, assumir os erros e aprender com os mesmos, saber que somos seres humanos e que estamos sujeitos a tudo isso, e que o verdadeiro sucesso, não é vencer sozinho, e sim, conseguir levar outras pessoas junto. Acho que essas características foi a qual aprimorei, e também as que me fizeram obter sucesso nas minhas experiências anteriores, tanto no meu estágio, quanto no intercâmbio, pois recebi muita ajuda e da mesma forma consegui ajudar.

Formado na área de eletricidade, sempre gostei muito de tecnologia e nem tão pouco de números, gosto de inovações, otimizações, melhorias e analises. Aprendi que planejamentos são essenciais. Nas horas vagas, gosto de estar com a família, brincando com meus sobrinhos, de estar com amigos, gosto de ir à academia, de ir à igreja, sempre que posso faço uma boa leitura, faz bem a mente, gosto de pesquisar sobre diversos temas, descobrir coisas novas e curiosidades.

Retornei a alguns meses da Austrália, e como citei no inicio desta carta, estou em busca de um novo desafio no mercado de trabalho. E com grande certeza a Johnson & Johnson seria a empresa ideal, uma empresa que se destaca e compreende como a sexta maior empresa do mundo em saúde do consumidor, a maior e mais diversificada empresa do mundo em dispositivos médicos e diagnósticos. A quinta maior empresa do mundo em produtos biológicos. E a oitava maior empresa farmacêutica do mundo. E que tem mais de 250 empresas que operam em 60 países empregando cerca de 118 mil pessoas. Seria um desafio e tanto, sem duvida nenhuma, essa seria mais uma daquelas experiências a qual eu levaria para toda minha vida. Tenho certeza que a Johnson & Johnson tem excelentes profissionais, uma empresa que respeita seus funcionários e os capacita, não poderia ser diferente, dando a oportunidade de expor novas ideias e pontos de vistas diferentes. Uma empresa que auxilia a vida das pessoas com seus produtos, isso é muito gratificante e de muita responsabilidade, empresa que realmente faz a diferença no mercado e na vida dos seus consumidores. E participar disso tudo, ser um membro desse time, ser um funcionário, seria uma enorme satisfação, poder de certa forma contribuir e participar disso, ajudar e continuar sendo ainda mais ajudado por esse time, agora não só com os produtos, mas também com a capacitação profissional e pessoal, que essa experiência iria me proporcionar.

No que se trata de deixar um legado, penso que quanto mais compartilhamos conhecimento, mais aprendemos, não devemos ser pessoas egoístas e sim devemos compartilhar todo nosso conhecimento, para que de alguma maneira façamos nossa parte e ajudamos a fazer desse mundo mais feliz. O legado é uma herança para outras pessoas, que não tem nada a ver com material ou propriedades, o significado é muito mais do que isso, é intangível. Penso em algo que realmente faça a diferença, quer seja através de trabalho voluntário, compartilhando novas ideias, tomando iniciativa em projetos que façam a diferença na vida das pessoas, contribuindo, servindo aos outros. Tenho certeza que ficarei muito mais feliz se deixar um legado, e estarei contribuindo para um bem social, pessoal ou profissional.

“Uma vida longa, saudável e feliz é o resultado de contribuições, de projetos significativos que sejam pessoalmente animadores e que contribuam e abençoem a vida dos outros” (Hans Seye)

Essa é a minha história, espero que vocês gostem, e espero um dia poder contá-la pessoalmente a vocês. Desde já agradeço a atenção e a oportunidade.