Apenas uma carta

Estou aqui hoje meio que para lhe escrever uma pequena carta…

Oi Izabelle quanto tempo né? Estava aqui pensando nas vezes em que eu deveria ter escrito uma carta pra você e não o fiz.

Tive a certeza de que realmente não me ama mais, mas gostaria que você soubesse o quanto eu desejo a tua felicidade seja com quem for, queria que fosse comigo, mas nem tudo é o que a gente quer não é mesmo?

Vida, ainda não consegui te esquecer, infelizmente, creio que realmente o que sinto é amor de verdade pois nunca me senti assim antes, já senti algo por alguém, já sofri também, mas nunca com tanta intensidade.

Tive a certeza finalmente de que tinha encontrado o amor da minha vida, não sei se estou enganado ou talvez o amor da minha vida quis se cegar e abandonar o nosso amor.

Na verdade não sei… Só sei que eu ainda te amo e sei que não tá nem aí pra isso, vivemos coisas boas pra caralho pra você simplesmente se cansar de mim, OK!

Uma hora eu sei que vai se arrepender, realmente fui um cara que fez tudo por você, claro nunca fui um santo e admito isso, mas melhor que eu, me desculpe mas você não encontrará

Enfim Iza, você foi o grande amor da minha vida e torço para que isso passe logo pois você não o merece mais, eu sou completamente teu, mas uma hora isso passa bb

Espero do fundo da minha alma que seja feliz

Com amor…

Jefferson S Coelho 24/10/2017

Like what you read? Give Jeff Coelho a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.