O PIOR CENÁRIO

Na sua cabeça as coisas parecem maiores do que realmente são.

Quando converso com amigos, gostamos de falar sobre coisas que sonhamos fazer em nossas vidas. Muitas vezes, essas coisas nos envolvem e começamos a assumir riscos, riscos pessoais que não podemos prever e, na maioria dos casos, nem evitar.

Sabemos que o medo existencial está profundamente gravando em nosso cérebros e fará todo os possível para nos manter parados e longe de tudo aquilo que mais desejamos. Viver a verdadeira vida.

Não sendo corajoso o suficiente para assumir riscos que muitas vezes não mudam nada em nossas vidas, mas deixamos de viver e fazer tudo aquilo que mais gostamos. Em última análise, isso acaba sendo pior que assumir o risco.

"Eu sou um homem velho e conheci muitos problemas, mas a maioria deles nunca aconteceu".
Mark Twain

Acredito que, na maioria dos casos, quando falamos de “risco”, esses riscos não são tão grandes quanto parecem. Em nossa cabeça as coisas muitas vezes parecem maiores do que realmente são.Visualizando nossos cenários de pior caso e medos muitas vezes nos ajudam mais do que visualizar nossos objetivos.

Visualizando nossos objetivos é excelente e ajuda a nos manter focados, mas muitas vezes ele vem com a definição de segurança também. E no momento em que pensamos em nossa segurança, reforçamos nossos medos.

A quantidade de sofrimento que passamos por não assumir riscos muitas vezes excede o sofrimento que imaginamos que o nosso pior cenário traria. Então, a questão é: qual é o seu pior cenário pessoal? É diferente para todos nós, mas muitas vezes menor do que pensamos.

Quero te conhecer e o seu pior cenário, diga-me no Twitter.

Tenha uma semana maravilhosa.

Jefferson Crispim

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.