Atitudes que favorecem a criatividade


Ser curioso
Onde não há curiosidade, não há experiência. E onde não há experiência, não há evolução. Portanto, se você quer crescer em termos de conhecimento, favoreça a sua curiosidade. Você deve ser curioso a respeito de toda informação, das fofocas dos vizinhos, aos Sites da Internet. Na verdade não existe diferença de importância nas informações que você deve receber. O importante é ser curioso sobre tudo.

Arriscar
Quando nossa curiosidade é maior do que nosso medo, a chance de criarmos alguma coisa nova aumenta substancialmente. E a chance de cometermos um erro também. Nada mais sábio que do que o ditado popular que diz “quem não arrisca não petisca”.

Desejar e aprender
A criatividade solicita um estado de franca entrega à busca do aprendizado. Os profissionais de criação que vão fazer a diferença serão aqueles que desejarem aprender de verdade.

Perguntar
Perguntas nem sempre traduzem desconhecimento. Muitas vezes expressam propostas.A pergunta no processo criativo é vital. Toda solução genuinamente criativa nasce de uma pergunta nova. Enfim, pergunte sempre. Uma pergunta que você deixa de fazer, pode determinar seu futuro na profissão.

Aceitar a ambiguidade
O maior inimigo do processo criativo são as certezas absolutas. Quem tem certezas absolutas pode desistir de pensar. Aceitar a ambiguidade é uma demonstração de maturidade e grandeza.

Conviver
Sem os outros não somos nada. Quanto mais convivência, mais intimidade. E quanto mais íntimos, mais capacitados para nos comunicarmos com eficiência.

Vibrar com a descoberta
Quando a solução criativa nasce da mais absoluta concentração, da mais cristalina compreensão do problema e foi elaborada por uma mente abastecida de informação, o encontro da solução é uma explosão de felicidade.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.