A menina que não sabia chorar

Photo by Matthew Henry on Unsplash

Nem quando nasceu, nem quando o coração doía. A menina que não sabia chorar não fazia ideia de que lágrima escorria.

Nem ao ver filme de cachorro doente, nem ao bater o dedinho na quina. A menina que não sabia chorar não entendia nem o que o peito, nem o que o pé dizia.

Nem quando descascava cebola, nem quando o rímel vencia. A menina que não sabia chorar não tinha alergia.

Um dia o céu amanheceu cinza. Da mesma cor do cabelo da vizinha da frente, que de dentro de casa só saía para ir buscar pão quente na padaria.

A menina que não sabia chorar parou na janela e viu a nuvem preta que vinha.

Um pingo frio escorreu pela janela. Um pingo morno pela bochecha descia.

A chuva caía lá fora, mas foi a primeira vez que a menina que não sabia chorar olhou ali pra dentro.

Aprendeu.

E nunca se sentiu tão feliz como naquele dia.