Super poder

Se a mim fosse concedido escolher um super poder eu não teria dúvidas de que voar, mover as coisas pelo poder da mente, ficar invisível não seriam escolhidos.

Eu escolheria algo diferente, eu queria poder tirar a dor das pessoas, essa dor que não é física, mas machuca e grita e faz chorar. Essa dor invisível que consome, agonia e deixa de cama.

Mesmo que a consequência fosse eu sentir toda a dor do outro, não importa, eu só queria poder livrar quem eu amo de dores como essa ou diminuir ao menos. Me sinto tão incapaz e pequena. Pequena, pequena e incapaz.

Jeniffer Noronha

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.