Inteligência de mercado aplicada nas redes sociais

Inteligência de mercado é o resultado dos processos de pesquisa, coleta e análise de informações com o objetivo de avaliar o desempenho de uma empresa e a partir daí, elaborar soluções e direcionar estratégias para atingir os objetivos propostos.

Já que a inteligência de mercado é utilizada para direcionar estratégias do negócio, ela também é uma oportunidade de lidar antecipadamente com efeitos e reações externas.

Quando essa inteligência é aplicada nas redes sociais, segue a mesma regra, mas com informações retiradas do ambiente digital. São muitos dados a serem analisados e distinguir quais métricas e indicadores são relevantes para a empresa é um desafio.

O profissional tem acesso a muita informação neste espaço, a empresa pode interagir com seus consumidores, entender suas preferências e receber feedbacks instantâneos e diretos. Dessa forma, todo conteúdo obtido através das redes sociais precisa ser mais do que monitorado. Os verdadeiros insights são possíveis somente através de uma análise consistente desses dados.

Tudo começa no monitoramento

Quando são coletadas informações a respeito da marca, concorrentes e do próprio segmento, além do cruzamento desses e outros dados que são internos ou de organizações relevantes no meio inserido, é possível obter as primeiras diretrizes de aplicação dos serviços de inteligência de mercado — àquela voltada para o consumidor — permitindo a identificação das principais práticas utilizadas pelo setor que geram maior e melhor desempenho para sua empresa.

As marcam que conseguem utilizar efetivamente essa análise tornam-se muito mais competitivas e propensas e encontrarem oportunidades e vulnerabilidades na utilização das redes sociais.

Para isso, além do processo de monitoramento, é preciso implementar processo de Business Intelligence para o meio digital, capaz de monitorar, compilar e analisarinformações, possibilitando um entendimento maior e mais rápido sobre diversos aspectos como: o impacto das ações de marketing implementadas nas redes sociais; a imagem da marca perante os usuários; as ações de seus concorrentes; além dos desejos e preferências da audiência.

Com essas ações implementadas, também é possível avaliar e otimizar o ROI — retorno sobre o investimento — das ações realizadas.

Você não está sozinho

Utilizar essa inteligência dentro de uma análise estratégica da concorrência é fundamental para realizar um trabalho com mais consistência. A partir daí é possível retirar informações para avaliar o desempenho e a visibilidade da empresa frente ao mercado.

Para isso, algumas métricas são determinantes para se realizar a inteligência de mercado nas redes sociais voltada para a concorrência. Dentre elas, estão:

  • O número de seguidores, que podem indicar se as estratégias estão captando novos contatos;
  • A quantidade de curtidas: para verificar se um conteúdo está atraindo a atenção dos usuários e se está trazendo resultados positivos para a visibilidade da marca;
  • O contexto dos compartilhamentos: para identificar o volume e intensidade da propagação positiva ou negativa do conteúdo compartilhado;
  • O sentimento dos comentários: para determinar os motivos que geraram essas opiniões;
  • A frequência de postagem: para identificar quais marcas tem maior presença online;
  • As menções espontâneas: nem sempre citam a marca, mas trazem muitas vezes informações valiosas sobre as experiências dos usuários.

Com todas essas informações em mãos, a empresa terá o embasamento necessário para descobrir potenciais oportunidades que podem ser exploradas, conter ameaças para a sua visibilidade, atrair consumidores e fidelizar clientes.

Analisar, monitorar e testar são as palavras que regem todo o trabalho. A busca pelo aperfeiçoamento é constante. Assim como nas exatas é preciso reparametrizar um modelo matemático, quando se trabalha com redes sociais é necessário entender os anseios do público.