Somos líderes servidores?

Desenvolver um papel de autoridade pessoal está alicerçada no interesse do bem coletivo.

Não é bem o que a maioria de nós fazemos na prática, certo? Fala-se que 1% realmente vai correr atrás das realizacoes que impactam positivamente nosso proximo.

E os últimos acontecimentos, seja na política e principalmente em nosso dia a dia demonstram essa corrente contrária ao interesse genuino do bem comum. Sabe, está sobrando mimimi (e eu também tenho meus momentos, haha, fazer o que?! Tentar não repetir a atitude ;) )

De outro lado, isso é motivo para eu servir do jeito torto que a maioria faz?

Quem quiser tornar-se grande entre vocês seja aquele que serve (Mateus 20:26)

Aquele que serve é o vencedor, que acorda com positividade e coragem para fazer acontecer mesmo remando contra a maré, mesmo ainda não ganhando milhares de recompensas em material, mesmo dormindo pouco e ralando muito.

Servidor é aquele que atende o chamado do dia que vem de Deus. E é simples, a gente reconhece esse chamado pois ele vem motivado pelo amor e a sensação é ótima.

Podemos fazer muitas atividades. Por exemplo, compartilho alguns dos meus escritos aqui na rede. O motivo? Eu sou diferente, acredito que compartilhar o meu melhor ao escrever possa te impactar de modo construtivo e também por acreditar em um poder superior, eu o chamo de Deus. Tá, ok! Você não acredita Nele ou o chama de modo diferente? Tudo bem ;) 
Se você acredita que o vento existe mesmo não o vendo, pode acreditar, já temos muita coisa em comum. Ainda não acredita? Somos gente, isso também já é um ponto hahaha

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.