MULHER BI NÃO É RESISTÊNCIA!

As bi não são resistência né? As bi podem ficar com homem, escolher né? Bi com filho bate insegurança mesmo né? As bi tem que tomar mais cuidado, afinal, podem ter mais dst né? Bi dá ciúme em dobro né? Bi tem privilégio de não ser agredida na rua quando tá com homem né? Bi monogâmica existe mas é tudo falocêntrica né?

E ok tudo isso, afinal, vamos proteger as manas. Se proteger é um direito. Desculpa se te ofende, mas é que não tem como nos prevenir, e vocês que se envolvem com macho. Não tem doença entre minas.

Mas bi, vem cá, fortalece o corre. Bi, vem cá, você tá em um relacionamento “lésbico”, agora sim! Bi, vem cá, cola no sapabonde, bora dar rolê. Bi, você é lesbocentrada né? Melhor assim.

Caralho bi, ta com homem? Deus nos proteja desse macho que tu beija. Tá com homem? Sempre soube que era falocentrica. Tá com homem e não é monogamica? Vish, sai daqui, não beijo mina depósito de po… Uoooooooooooou, sacanagem falarem isso né? Mas temos que ser didáticas bi, você tem que entender que sofremos tanto, tenha mais paciência bi, tenta ensinar.

Bi mas você é gostosinha. Bi cola mais, te respeito, vamo se amar. Amor entre minas é resistência. Opaaa, mas nunca disse que era só você. Opaaa, entende a minha insegurança, bi, é foda. Mas você entende né? Fico meio assim de você me trocar por macho. Como assim véi, te trocar por mina não é a mesma coisa, olha a falsa simetria bi.

Bi, como assim estaticamente você é a segunda maior taxa de suicidio entre LGBT? Como assim vocês tem a maior possibilidade de ser estuprada? Tá errado bi. Você não sofre nada indivudal. Você só sofre porque escolheu ficar com macho, e por isso o macho te agride. Você só sofre porque está com mina, mas aí é lesbofobia. Ah bi, você sofre lesbofobia mas não pode falar sobre lesbofobia, afinal você tá com um cara, então fica pianinho bi.

Ah bi, o feminismo é lindo. As héteras é que não param de falar de macho, foda né? Esse feminismo liberal é foda. Mas eita, como assim você falando de macho? Quietinha bi. Não sou obrigada bi. Não to vetando não, pode falar pro mundo. Quer dizer o mundo pode te achar promíscua, caras e minas, mas aí você tem passabilidade hétera, bi.

Eu era bi, mas aí percebi que era rolê errado. Desculpa chamar de rolê, mas né, tem as bi de balada. Bi de balada. Bi que não assume mina saca? Só assume macho. Ah, eu nunca assumi mina porque quero curtir. E essas bi que não são assumidas pra família, escondem a mina, foda né? Depois querem que levamos a sexualidade a sério. Mas você viu aquela sapatão que postou no grupo que está com depressão porque não pode assumir pra família? Foda viu, a gente passa por cada coisa, é foda o armário. Mas bi tá de boa se assumir, um dia vai tá com homem mesmo né?

Bi, você viu o texto no site feminista? Uma lésbica falando que aceita namorar bi? É linda a sororidade né bi? Mana fortalecendo mana. Como assim não gostou? Ué, como assim chorou? Como assim se sentiu ofendida? Aff, essas bi. Olha, soltaram um texto fofo, de uma bi falando pra você ficar de boa. Por que ainda tá brava? Por que ainda tá furiosa? Por que bi?

Aff mano, bifobia não existe, fica quieta. Butch bi não existe, fica quieta. Mães bissexuais tendo perda de guarda porque juiz interpreta como promiscuidade não existe, fica quieta. Relacionamento abusivo pra cima de bi justificado pelo “sinto o dobro de ciúmes” não existe, fica quieta. Mas bi, vamos pra uma roda de conversa amanhã, pode desabafar. Bi pode falar. Só não fala de bifobia, não queima o rolê bi, manjo mais da sua sexualidade que você.

Bi, você chora por tudo. Vocês não sabem resistir que nem a gente. Como assim tem medo de relacionar com mina? Mina é só amor. Sempre soube, falocêntrica.

Por isso bi não é resistência.