sangue de poesia

essa poesia

que sangra

e corre pelas minhas veias

me mantém viva

caminhando pela areia

pois a vida não basta

a poesia traz vida

e a gente transforma vida em poesia

mas não se afasta

da realidade fria

e da carne sofrida

essa poesia

que escorre

e faz sujeira

traz beleza e verdade

em meio a tanta poeira

essa poesia me faz ser

o que a vida me reprime

essa poesia me faz livre

o que o amor suprime