A Importância do Rating na Comunicação

Muita gente já se deparou com o termo rating, porém não tem uma visão clara do que isso significa. Em poucas palavras, rating é uma nota que as agências internacionais de classificação de risco de crédito atribuem a um emissor (país, empresa, banco), de acordo com sua capacidade de pagar uma dívida. Essas notas atraem mais recursos e influenciam decisões de investimento. O que isso tem a ver com a comunicação? Tudo.

Como a globalização aumenta em todo mundo, a comunicação exerce papel cada vez mais importante nas empresas. E se o “rating” de uma empresa é alto, significa mais poder de decisão, confiabilidade e capacidade de investimento/negociação. Hoje em dia, funcionários de uma empresa podem trabalhar remotamente de qualquer lugar do mundo, mantendo um contato constante com seus colegas. Essa troca de informações é tão rápida e enriquecedora, que ajuda a acelerar as tomadas de decisão, graças à sua capacidade imediata de acontecer.

Esta facilidade de comunicação permitiu que mensagens pudessem se espalhar em uma velocidade extremamente rápida, e com uma capilaridade jamais imaginada. Como consequência, negócios e decisões, que antes demoravam meses para serem tomadas, hoje são resolvidas em instantes, com simples conference calls, troca de mensagens instantâneas em aplicativos, videochamadas, etc. Some-se a isso a habilidade dos profissionais para utilizar tecnologias de comunicação e manter contato com um círculo social.

A globalização cultural é baseada na comunicação para espalhar as ideias de todo o mundo, alterando a composição das sociedades em todo o planeta. Pessoas com alto “rating de comunicação” conseguem convencer outras com muito mais habilidade e rapidez. Essa capacidade de persuasão permite que elas sejam mais móveis, geograficamente, sem sacrificar suas conexões sociais. Da mesma forma acontece quando você avalia um serviço, um site, uma experiência de compra, ou um produto.

O rating viraliza com tamanha rapidez e representatividade, que o que antes era “imposto” pelo mercado, hoje é refém de uma avaliação. Quando você busca uma informação sobre um produto na internet, você procura uma boa avaliação prévia sobre ele. Pois bem, esse “rating social”, ou “o que andam falando sobre”, atualmente é tão importante quanto variáveis históricas para tomada de decisão, como preço e qualidade. Sites como o Reclame Aqui, por exemplo, hoje são tão buscados quanto qualquer outro portal de notícias. A fonte de informação não mais se restringe ao tangível, é preciso gerar credibilidade ao que se está vendendo.

Mas se engana quem pensa que essa “moda do rating” se aplica apenas ao mercado de e-commerce. Todo e qualquer serviço hoje, físico ou virtual, não sobrevive mais sem um sistema de avaliação contundente. O “boca-a-boca” continua sendo umas das importantes ferramentas de marketing na comunicação, mas o rating tem ganhado cada vez mais importância no planejamento das empresas. Ver para crer, mas com uma avaliação positiva. Uma, duas ou várias estrelas. Não importa a classificação, se o rating do seu serviço, produto ou empresa for positivo, você já tem meio caminho andado para concluir seu negócio.