4 ideias de expansões para a franquia “De Férias com o Ex”

João Luis Jr.
Feb 6 · 3 min read

Vocês não se conhecem direito. Ele acha que seu nome é Zé Luis. Você sabe que ele tem uma filha, mas pode ser que esteja confundindo com o Carlinhos, o designer que saiu ano passado. A mais longa conversa entre vocês dois foi numa viagem de elevador entre o 15º andar e o térreo e quando ele disse que tava indo pro metrô você mentiu que precisava ir ao banco mas você não precisava, você tava indo pro metrô também. Agora ele está saindo do mar, para ficar hospedado na mesma casa que você. Por quantas horas você vai conseguir sustentar uma conversa baseado em “como é que tão as coisas lá no novo emprego?”, ainda mais sem ter certeza se ele tem mesmo um novo emprego? Esse é o “De férias com o ex-colega de trabalho”

Ela nunca gostou de você. Ela achava que você não era bom pra filha dela, que o namoro nunca ia dar certo, que você comia rápido demais e seu emprego pagava muito pouco. Ela apostava que quando acabasse ia ser sua culpa. Ela estava absolutamente certa em todos os aspectos. Agora ela está saindo do mar, já pegou o celular e está mandando mensagem pra filha no Whatsapp dizendo que te encontrou e ainda por cima você tá com drink na mão, bebendo. Ela sempre achou que você bebia demais. Ela tem razão nisso também. Você tá tentando fingir que não viu mas ela já te viu e se prepara que você vai ouvir, queridão. Esse é o “De férias com a ex-sogra”

Ele já foi prefeito de Maceió, governador e senador de Alagoas. Primeiro presidente eleito pelo voto direto após a ditadura, e também o primeiro a perder o cargo através de um processo de impeachment. Ele já está saindo da água de dedo em riste gritando que é tudo uma armação da Globo e que precisamos de um governo de centro e você tá juntando coragem pra pedir pra ele falar “caluniador e mentiroso, mentiroso e caluniador”, mas aí você lembra que quem falava isso era o Quércia. Você e as outras pessoas da casa estão muito confusas em relação ao que está acontecendo e se perguntam se o conceito de reality show talvez não foi longe demais. Esse é o “De férias com o ex-presidente Fernando Collor de Mello”

Foram 11 meses de trabalho e finalmente você está ali deitado na praia, uma latinha de cerveja na mão, o celular fora do seu campo visual. Um livro no colo, mas você sabe que não vai ler porque ninguém realmente lê na praia, isso não existe. Você tá saboreando um raro momento de paz quando começa a reconhecer alguns vultos saindo do mar. Você tenta fingir que não, você tenta negar pra si mesmo, você não quer acreditar. Mas você pensou demais e eles chegaram. Sim, a sua insegurança sobre ser o bastante para o seu relacionamento. O medo de todo mundo descobrir que profissionalmente você é uma farsa e você perder seu emprego. A lembrança de que você não fala com o seu pai tem quase 10 anos e você pode fingir que está tudo bem mas existe um lado seu que ainda se ressente disso. Seu pânico irracional de animais que tem um olho de cada lado da cabeça. Esse é o “De férias com o extenso volume de ansiedades e medos que você desenvolveu desde a sua infância”.

Written by

quando eu tinha 10 anos uma professora disse que eu escrevia bem. até hoje estamos lidando com as consequências desse mal-entendido

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade