Pupila do Inferno

Olho pela janela e vejo meu mundo em chamas
Se prepara pra queda que o diabo te chama
Ele grita seu nome e o eco silencia a morte
Descer do pedestal e cultuar o fogo te faz forte
O inferno está nas suas ações e o fogo não apaga
Homem deixado levar pelas emoções vira um nada
Se eu tirar sua vida agora pra onde vai você?
Inferno? Paraíso? Vou destruir tudo que você crê
Somos homens atormentados com mentes em gaiolas
O demônio nos encontrou e por medo você nem olha

Conversamos como amigos e viajei no interior de sua pupila
E no interior do olhar do demônio em sua alma ele atira
Nessa viagem mórbida vários como ele eu juro que vi
O demônio está em você, está em nós, está em mim
Eu sou um demônio e minha mãe é a serpente
Em nosso interior o que guia é o que se sente
Eu fui o pior habitante do inferno com os piores seres a minha frente
Não mereço mais nada, ganhei do demônio a morte, de presente.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.