Minha singela opinião sobre a situação política

Em meu antigo blog, eu tinha alguns textos políticos e hoje diante de tantos protestos pelo país, resolvi colocar algumas linhas sobre alguns tópicos bem polêmicos, mais que mamilos.

Sobre a tal intervenção militar

Temos que antes de discutir se deve ou não ter algum tipo de intervenção militar, vamos descobrir a definição de “Intervenção militar”:

Intervenção militar significa o uso das forças militares (exército, marinha e aeronáutica) para controlar determinada situação que deveria ser de responsabilidade de outro tipo de força ou autoridade. Que seria a polícia civil, e outros órgãos de segurança pública.

Nós já tivemos isso 1964, representou um período que ficou historicamente marcado por ser a Ditadura Militar brasileira, entre os anos de 1964 e 1985 (mais de 20 anos).

E como foi isso?

No dia 1 de Abril de 1964, o governo de João Goulart (após renúncia do presidente Jânio Quadros) foi deposto e o regime militar teve início alguns dias depois, a partir de um golpe de Estado.

O fim da ditadura militar no Brasil aconteceu em 1985, sendo João Figueiredo o último presidente deste período. Mas só começamos a entender o final dessa herança militar quando houve quebra de reserva de mercados, aberta das portas do Brasil para o comercio exterior, e outras coisas, que se iniciaram em 1989 (ano em que nasci, apenas um detalhe :P ).

Na minha opinião, as pessoas tem o total direito de pedir esse tipo de intervenção, mesmo não sabendo as consequências disso em suas vidas após alguns anos. É um direito delas, isso se chama democracia, mas você tem o total direito de discordar.

“Posso não concordar com o que você diz, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo”

Também é preciso lembrar que, também existe em nossa constituição um artigo que elucida esse tipo de intervenção, porem, existe muita confusão quando as pessoas interpretam essa questão.

“Art.142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem”.

As forças armadas devem fazer a lei se cumprir, e a lei diz ser obrigação dos militares defenderem a autoridade suprema do Presidente da República, e não ameaçá-la. Igual se pede hoje, por um pequeno grupo.

Se o Temer assumir, considero uma vitória, pois moralmente a responsabilidade de mudanças recaí sobre ele, e isso já é um enorme avanço com pressão popular para mudanças.

Existe sim intervenção militar constitucional, mas estamos bem longe disso ser necessário. Ok?

Temos diversos outros caminhos para retirar alguém da presidência, e outras tantas outras formas de mudar a atual situação, alguns itens que considero muito importante antes de formar sua opinião sobre política, políticos ou sair fazendo interpretações errôneas da nossa constituição:

  • Conheça ao menos os 100 anos de história do seu pais, foque suas pesquisas históricas em eventos políticos importantes, e entenda seus questionamentos e suas reivindicações. Conheça a sua história. Saia da sua bolha de ignorância pessoal.
  • Tenha mais de 3 fontes, e colete mais opiniões divergentes da sua, você certamente pode encontrar alguém com opinião melhor formada ou com argumentos que jamais considerou pensar.
  • Não acredite na mídia tradicional, busque informações de pessoas que não tenham nenhum rabo preso com política ou recebe auxilio político, blogueiros não são confiáveis ok?
  • Não acredite nas redes sociais, elas já provaram que pessoas inteligentes discutem seus argumentos e questionamentos em lugares apropriados e com pessoas inteligentes.
  • Não considere sua opinião a unica verdade, e considere que outros podem rezar pra Deuses diferentes, e por consequência, pensar diferente.

Devemos continuar pedindo um Impeachment para resolver nossas atuas insatisfações?

Na minha opinião não só o impeachment, afinal as pedaladas fiscais são condenadas nas leis da responsabilidade fiscal e são sim consideradas atos improbidade administrativa previsto na 1.079.

São fatos, não são argumentos, a nossa presidente cometeu um crime sim, é uma questão dos leitores irem até o site e ler, e não interpretar, mas sim entender o texto e as medidas propostas. Apesar de possuir alguns termos jurídicos, com um pouco de esforço vai compreender as leis do seu país.

Mas devemos continuar mostrando as diversas insatisfações, até que resultados possam ser apresentados a população de tanto imposto pago, e tão pouco retorno. Tópicos que deveriam ser levantados novamente e de forma urgênte em minha singela opinião é:

  • Reforma Política
  • Reforma Tributária e fiscal séria.
  • Ajustes fiscais reais, aperto nas contas publicas e eficiência nos gastos públicos.
  • Profissionalização do setor publico.
  • Profissionalização também das estatais, evitando que cargos em empresas do tipo sejam usados em negociações políticas. Político em cargo técnico é só um dosabsurdo que nós Brasileiros toleramos.
  • Diminuição drástica em número de ministério inúteis.
  • Mais transparência nas contas publicas nas esferas municipais, estaduais e federais
  • Auditoria externa e acompanhamento de diversos itens pela OAB e organizações do terceiro setor nessas políticas publicas e sociais.
  • Organização da participação do setor privado em obras publicas
  • Reorganização das forças armadas, investimento para que as forças armadas, possam andar próximas da sua população
  • Unificação das policias, apenas uma instituição para tudo, vai gerar mais conversa e mais compartilhamento de informações.
  • Fim, ou reorganização urgente da Previdência Social.

Tenho mais alguns outros diversos assuntos que deveriam ser cobrados dos político, mas antes, precisa saber qual esfera é responsável pelo que, algumas definições simples podem te ajudar a formar uma opinião mais assertiva e vai te trazer mais possibilidade de cobrar a pessoa certa, por suas responsabilidades.

Acho ótimo toda movimentação política, mas iria achar muito mais legal se o povo Brasileiro soubesse o que pedir, e como pedir. Isso iria me trazer um orgulho maior ainda de ser Brasileiro.

Política não deve ser usado para tirar foto em protesto, deve ser usado para melhorar a minha e a sua vida, só sair na rua pedindo mudanças com a camiseta do Brasil não resolve. Resolve quando emitimos opiniões acertivas e formamos as opiniões ao nosso redor para melhorar a cada dia a nossa situação municipal, estadual e federal.

Já educou seu filho para que vote melhor quando ele for votar nos seus 16 anos?

Já orientou aquele ou aquela tia que reclama, mas não sabe do que está reclamando?

Chega só de culpar o Governo Federal, ele não faz as cagadas sozinho. Vamos mudar nosso estado mental para algo produtivo, assertivo e conclusivo sobre as nossas reivindicações políticas.

http://joaovagner.com.br

Show your support

Clapping shows how much you appreciated JoaoVagner’s story.