Sporting

Não é hábito escrever sobre futebol, é daqueles assuntos que não tem muita discussão, pois é bem pior que a política.

Mas escrevo para refletir sobre o que se passou ontem: segundo parece o Sporting ganhou 0–3 ao Benfica, fico muito feliz pois é o meu clube do coração, mas infelizmente há algo que me perturba: os líderes, sejam os presidentes, treinadores ou capitães. Sabemos que o futebol é um desporto de paixões, mas não pode ser ódios (eu sei que parece uma contradição, mas é o que eu penso). O Sporting ganho muito bom, fico imensamente feliz, mas não ganhou o campeonato, ainda espero eu, por isso calma e tranquilidade.

PS: apesar da vitória e de achar que o treinador teve um papel importante, nada disso muda na minha tristeza de como o presidente, populista, geriu o caso da saída de Março Silva, nem sempre ou quase nunca os fins justificam qualquer meios.