Como salvar os jogos como serviço, ou ao menos tentar salvá-los

Destiny é um dos jogos que mais esbanja o estilo Jogo como Serviço

Jogos como serviço são o mal da comunidade de players, não só de Destiny, mas de jogos como The Division, Overwatch, FIFA e assim por diante. É esse tipo de “serviço” que faz que as empresas foquem muito mais efetivo em monetização de itens dentro do jogo, como emotes, novas skins de personagens e assim por diante, mas como seria se desse para remendar isso e lançar esses jogos como jogos que você pode acessar a qualquer instante sem se preocupar em gastar mais do que você já gastou? Ou jogar sem se preocupar que os servidores oficiais foram descontinuados? Com essa ideia em mente que escrevo esse artigo, vou falar algumas ideias e melhorias que poderiam vir agregadas a jogos como Destiny e The Division. (Overwatch e FIFA não entram por um ser focado apenas no multiplayer e o outro por não ter conhecimento de como funciona.)


Como comprar itens pagos sem gastar!!! — Destiny (PS4, PS3, XONE, X360)

Destiny introduziu o Eververse, que seria um jeito de ter uma monetização em seu jogo, mas manteve um jeito de obter emotes sem a necessidade de gastar nenhum centavo, apenas concluir uma atividade especifica dentro do jogo. Destiny 2 por outro lado deixou todos os emotes, skins e até pardais dentro desse sistema monetário, mas deu um jeito para que os players que não querem gastar pudessem comprar tais itens, que é a Poeira Brilhante, adquirida através de desafios completados. Mas Destiny tem itens que só podem ser adquiridos por essas microtransações e não há outro método de compra-los com dinheiro do jogo que é o Glimmer, no PS3 não é mais possível comprar prata, fazendo que os que os players fiquem sem acesso a esses emotes. Uma forma de remediar isso é alterar a moeda do Eververse para que tenha a possibilidade de comprar esses itens com dinheiro do jogo.

“Eris, tire sua pedra do meu mapa” — Destiny (PS4, PS3, XONE, X360)

Destiny tem um baita problema que seu mapa não é acessível durante a jogatina, se torna acessível após você voltar a órbita, isso tira o dinamismo do jogo, principalmente no modo livre, o jogador se perde e não sabe por onde voltar a não ser que volte para órbita, isso foi corrigido em Destiny 2, mas esse recurso deveria estar presente desde o começo de Destiny, a adição do comando no menu de navegação iria ajudar muito.

Conteúdo, Conteúdo, CONTEÚDO — Destiny (PS4, PS3, XONE, X360)

A versão de PS3 e Xbox 360 do jogo parou de receber conteúdo a partir de O Rei dos Possuídos, Ascensão do Ferro e a Era do Triunfo não vieram para o consoles, de acordo com a Bungie não justificaria trazer esses conteúdos para esses consoles por que ninguém joga mais neles, mas existe uma parcela de jogadores mundiais ainda tem e joga em um desses consoles e não no PS4 ou XONE, essa possibilidade é muito baixa de acontecer, mas a esperança é a última que morre.

Eventos precisam voltar — Destiny (PS4, PS3, XONE, X360), Destiny 2 (PS4, XONE, PC), The Division (PS4, XONE, PC)

Os eventos nesses jogos servem para dar uma leve alterada na gameplay, como a SRL em Destiny, que era um evento de corrida de pardais, Festival de Finados em Destiny 2 que faz que você volte a Floresta Infinita em Mercúrio. Sendo assim, os eventos globais de The Division e eventos como a SLR e Iron Banner sendo semanais, e em ocasiões especificas os Festivais de Finados e Halloween dariam uma sobrevida ao jogo.

Missões de Recrutamento — Destiny (PS4, PS3, XONE, X360), Destiny 2 (PS4, XONE, PC), The Division (PS4, XONE, PC)

The Divison conta com coop em rede

Como assim Missões de Recrutamento??? Não entendi! Calma, eu explico, esses jogos são feitos com o modo cooperativo em mente, mas isso não impede eles de serem jogados sozinho. (Como já fiz e faço até hoje, por exceção dos assaltos em Destiny.) Essas missões poderiam acrescentar companheiros Guardiões ou Agentes para acompanhar os players que preferem jogar sozinhos, com uma IA que pode se cuidar e combater com você os inimigos do game, pode até dar uma de Dragon Age onde o player pode gerenciar os equipamentos dos companheiros de IA. Ahh, mas e o mundo compartilhado de players? Como fica? Bom, fica assim: Apenas aos jogadores conectados ao seu esquadrão, que esse é meu próximo ponto.

Conectividade Peer-to-peer — Destiny (PS4, PS3, XONE, X360), Destiny 2 (PS4, XONE, PC), The Division (PS4, XONE, PC)

Mas, rapaz… isso dá muito problema! E de fato sim, dá bastante e principalmente se o host não tem uma conexão boa de internet, o lag ia ser infernal, maaaaaas é a alternativa que pode manter o jogo vivo sem perder suas funcionalidades online nos consoles, no PC ainda pode ser disponibilizado as ferramentas para criar servidores para multijogador e coop.

UM PORTE DO JOGO PARA O PC, PELAMOR DE DEUS BUNGIE — Destiny (PS4, PS3, XONE, X360)

Destiny foi lançado em 2014 e seu último conteúdo foi lançado em setembro de 2016 e não veio nada, NADA para o PC e já estamos nos aproximando do fim de Destiny 2, já que faltam apenas 3 DLCs de história para o jogo. Um porte de Destiny seria muito bem vindo pela comunidade do PC e eu não me importaria nem um pouco de jogar tudo de novo só para farmar o Ás de Espadas ou Sleeper Simulant.

A Floresta Infinita ser acessível sem ser em Assaltos ou História — Destiny 2 (PS4, XONE, PC)

A Floresta Infinita foi algo que chamou muita a atenção dessa pessoa que escreve esse artigo (Creio que jogadores de Maldição de Osiris também se interessaram) pois ela permite que você vá para o passado, presente e futuro dentro da grande maquina de simulação Vex em Mercúrio, mas após a história você não tem mais acesso a essas áreas, e fica tudo delimitado a pequena área onde tem apenas um evento publico e o chato do Irmão Vance que mais parece um fanboy do que um líder de um grupo de estudiosos. Disponibilizar a Floresta Infinita para exploração seria um jeito de dar uma salvada no conteúdo Maldição de Osiris. Falando em áreas acessíveis…

Todo-Poderoso como uma área explorável — Destiny 2 (PS4, XONE, PC)

Mas o que teria ali para explorar??? O Todo-Poderoso na orbita do sol poderia funcionar como uma base dos Cabais remanescentes do sistema, e ali tem varias oportunidades de exploração, coloca umas salas e itens para escanear com o Fantasma para entender mais da história dos Cabais e terminais para hackear que contenham detalhes sobre a politica atual dos Cabais.

Tirar a necessidade de ser apenas Online — Destiny (PS4, PS3, XONE, X360), Destiny 2 (PS4, XONE, PC), The Division (PS4, XONE, PC)

Essa parte já é por causa de DRM, para impedir a pirataria, que assola até hoje o mercado de games Triple-A, mas essa necessidade prejudica muito os jogadores, principalmente os que não tem uma boa conexão com a internet ou que querem levar seu jogo favorito para viagem e não podem joga-lo pois em uma casa de praia de uma cidade minuscula a conexão vai ser péssima, isso evitaria uma dor de cabeça do tamanho de Júpiter tanto para o jogador como para a desenvolvedora e empresa.


Vale lembrar que são apenas umas ideias que podem ser implementadas para salvar esses jogos, mas que quero continuar a jogar eles independente da vida útil deles já “expirado”. E uma redução do preço se isso acontecer pode tornar a situação favorável para os dois lados, bom para a empresa que ainda ganha dinheiro com um jogo meio morto e para o novo player ou alguém que gostava do jogo e vendeu por necessidades maiores ter uma chance de ingressar ou retornar ao jogo.