TOP 5: Abertura das Olimpíadas Rio-2016

Cinco momentos que me marcaram nesta cerimônia de abertura. Vem!

Nós (sim, falarei na terceira pessoa) fizemos bonito. Sem exagero, fizemos bonito até demais. Pau a pau com Londres-2012 ou até Beijing-2008.

(Via Twitter/ @RealitySocial)

Para mim que sou uma pessoa extremamente crítica, assistir a cerimônia de abertura de uma Olimpíada no meu país foi duma tensão sem tamanho, até porque a abertura da Copa foi, para ser suave, tenebrosa, mas ao final do evento, até uma lágrima desceu pelo olho, foi lindo, sincero, foi histórico! Não tive nem o que falar mal (risos). Mas sem delongas, vamos ao que interessa. Eu selecionei 5 momentos da cerimônia de abertura que me encheram os olhos.


1: ANÉIS OLÍMPICOS

(Via Twitter/ @RealitySocial)

Um dos pontos altos de toda abertura olímpica é a exibição dos anéis olímpicos e o Brasil não fez feio. Foi muito verdadeiro. A reprodução do verde brasileiro, algo muito marcante em nosso país, foi lindamente representado. E a formação em fogos de artifício marcou ainda mais a exibição. Foi meu momento predileto. (Foi nessa hora que a lágrima caiu)

2: GISELE, A NOVA GAROTA DE IPANEMA

Como caminhar pode ser tão belo? Pois é, Gisele faz isso como ninguém. O seu último desfile (será?) não poderia ter sido mais belo. Desfilando sob as linhas de Niemeyer e ao som de Garota de Ipanema, a top model mostrou como simplesmente andar pode ser tão lindo que você fica hipnotizado e a única coisa que você consegue fazer é cantar enquanto ela espalha sua beleza e simpatia pode onde passa.

3: O 14-BIS É NOSSO!

Os norte americanos “pegaram ar”. A reprodução do voo no 14-Bis por Santos Dumont foi outro momento belíssimo da cerimônia. Com uma projeção em 3D muito bem feita representando a decolagem, é bom destacar, essa cena encheu a gente de orgulho enquanto a galera da terra do Tio Sam fazia birra igual a uma criança de 3 anos. O vídeo que simulou o voo do 14-Bis pelo Rio foi duma beleza sem igual, quem dera aquele voo tivesse sido feito de fato na Cidade Maravilhosa e não na Cidade Luz, o brilho seria de fato muito maior.

4: AQUECIMENTO GLOBAL, UMA PREOCUPAÇÃO MUNDIAL!

(Getty Images)

A cerimônia de abertura foi tão variada, um caldeirão de diversidade em povos e assuntos que até problematização teve. A parte “cabeça” do evento foi uma acertada enorme! Apesar de algumas críticas alegando que o momento tornou o show chato e cansativo, eu discordo. Acho que aproveitaram um momento de grande audiência para alertar mais uma vez que precisamos cuidar do lugar onde vivemos. Um adendo: um discurso ambiental (em forma de poema do Carlos Drummond de Andrade) que é narrado por Fernanda Montenegro e Judy Dench não poderia ser pouca coisa, né amores? Chato mesmo é ouvir o Galvão comentando não a problemática ambiental.

5: NÃO É UMA PIRA OLÍMPICA, É O SOL! O SOL!

(Via Twitter/ @RealitySocial)

A gente sabia desde o início que o show seria simples, mas honesto, e a pira olímpica não ficou de fora. Não foi uma pira qualquer, foi o sol! Nós trouxemos o sol para o Rio, o sol que iluminará tantas pessoas pelos próximos 20 dias, foi um momento belíssimo e que acendida pelo Vanderlei Cordeiro Lima, tornou-se muito mais significativo, mostrando que a glória sempre chega para aqueles que merecem. Se o ouro não chegou para Vanderlei em Atenas-2004, a glória vem agora na Rio-2016.

ADENDO

6: Primeiramente, #ForaTemer

A organização do evento tentou ao máximo possível evitar, mas não deu, nos breve momento em que falou ao microfone, o presidente interino Michel Temer levou uma “gostosa” vaia coletiva daqueles que não aceitam como as coisas andam lá em Brasília e que representou uma grande parcela da população que também não tolera o teatro que se tornou o governo federal. A-do-rei!


Pois é queridos, foram cerca de 4 horas de beleza e êxtase que marcaram o início da 31ª Olimpíada e como já disse, não fizemos feio, fomos acima de qualquer expectativa, que por sinal não era positiva, haja vista a situação político e econômica do país e também o fantasma do fiasco que foi a abertura da Copa em 2014, mas não decepcionamos. Agora, passada a alegria, vamos aos jogos, que consigamos arrasar também em ordem, segurança, respeito, cordialidade como todos aqueles que passarem pelo país durante evento.

Por Johnatas S. C.