VMA 2016: #Good vs. #Fail

Os bons e maus momentos do Video Music Awards deste ano

Logotipo da premiação (Fonte: Wikipedia)

Pois é, acabou-se! VMA agora só em 2017. Se foi bom? Foi médio, numa escala de 0 a 10, 8 tá bom. Essas premiações estão se tornando cada vez mais difíceis de acompanhar…

Teve Beyoncé como pássaro passando no White Carpet; Rihanna picotando seus hits por toda a premiação; Britney fazendo seu retorno ao VMA, mas sem surpresas; Beyoncé cantando parte do Lemonade; Kanye num combo de discurso + clipe novo, enfim… Como já era de se esperar, a premiação foi longa e sempre fadada ao cansaço do telespectador, no entanto, meu trabalho — a pessoa louca achando que isso aqui é coisa séria, vai vendo — é enaltecer o que funcionou e que não “deu liga” em mais uma edição. Quais, em minha opinião, foram os bons e maus momentos da noite? Simbora ver…

#Good vs. #Fail

  1. #Good: Rihanna e seus hits!
(Via Twitter: Portal dos Famosos)

Espalhando seus maiores sucessos durante toda a premiação, ver Rihanna reapresentá-los foi um deleite para aqueles que estavam com saudades dos hits que bombavam no rádio e nas baladas. #VoltaPraFarofaRihanna!

Sobre o Vanguard Award, acho que ela fez por onde receber esse premio. Ela não tem os melhores clipes, mas todos são caprichados. É um bom visual para os seus hits.

2. #Good: Lemonade Live!

(Via Twitter: Portal dos Famosos)

A gente já sabia que ela ia apresentar o seu mais recente álbum no palco do VMA, e ela não decepcionou. Com muita dança, carão e empoderamento, Beyoncé cantou algumas músicas do Lemonade e deixou o público louco! Deu muito certo! Quee Bey ahazza!

PS: Já me conformei que 6 Inch caiu no esquecimento, foi barrada, enquanto a ótima Freedom foi ignorada, pecou nisso aí né amiga?

3. #Fail: Ariana + Nicki + Rosa + Academia

(Via Twitter: Portal dos Famosos)

A música é até legalzinha no álbum da Ariana, mas a apresentação não deu. Requentando o rosa, usado e abusado em tanta estética ultimamente, seja em clipe, em foto, etc; colocando a Nicki Minaj em mais uma música tornando a imagem dela cada vez mais cansativa; a academia levada ao palco, enfim… Foi sem graça, cansou e já serve pra dizer que era melhor ter escolhido outro single Ariana.

4. # Fail: Kanye

(Via Twitter: Portal dos Famosos)

A MTV deu carta branca para o Kanye e ele foi fazer discurso. Migo, não. Essa falação não empolga, é uma perda de tempo que só incentiva a galera levantar do sofá e beber água, ir ao banheiro, coisas do tipo, enfim: #fail.

“Ah, mas teve lançamento de clipe após o discurso!”

Amore, gastar o tempo alheio com um discurso só pra lançar um clipe? Pelamor né?

5. #Fail: o retorno de Britney

(Via Twitter: Portal dos Famosos)

Anos após da trágica apresentação no VMA 2007, Britney era, talvez, a figura mais esperada da noite. Muito se cogitou sobre o que ela ia cantar, o que ia fazer, os produtores alimentaram a nossa expectativa, mas entre a teoria e prática há uma longa distância.

Soubemos que Make Me seria performada, mas não deu liga. O playback esperado e descarado da cantora foi O ponto negativo da performance, porque ela não tem nem 40 anos e não se esforça para soltar a voz numa apresentação. Britney pode ser uma ótima pessoa, mas como cantora ela não convence mais há anos.

Juro que tentei fazer 3 itens de cada, mas não consegui. Nós assistimos essas premiações pelo hype e pelas perfomances que terão, mas sabemos que as chances delas serem chatíssimas são maiores que as chances delas serem bem empolgantes. Ano após ano, o VMA (e outras) vai ficando cada vez mais enfadonho, mas não é extino, então o nosso papel, como telespectador, é comentar esse show que pode até estar ficando cansativo a cada edição, mas a gente não desiste dele. Até o VMA 2017!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Johne’s story.