Coleção de Starwars: como ter a sua?

fonte: internet

Quando passei a ser fan de Starwars lá pelo final de 2015/início de 2016, comecei a obviamente querer saber e ter fisicamente mais da coisa toda. Fui pensando em formar minha coleção mas a triste realidade é que eu sou uma pessoa pobre e, em termos gerais, tenho outros gastos mais importantes e urgentes. Isso então me força a querer fazer um convide sobre o que consiste uma coleção de verdade em detrimento sobre o que as pessoas realmente acham que uma grande coleção é, e não só de starwars mas de qualquer coisa.

Uma coisa que acho que deve ser levado em consideração é que cada fan de starwars gosta de uma coisa em especifico, dificilmente de toda a obra, na verdade. Eu comecei por aí, sou muito fan da velha república, por exemplo, mesmo ela não sendo exatamente canônica agora. Em dado momento acabei topando em um sebo, e lá achei várias edições de antiga hq lançada pela on-line editora sobre a velha república, foi paixão a primeira vista, na época consegui comprar por sorte e desde então eu cuido bem delas, também achei outras hq’s antigas de starwars das quais eu gostei muito de ter comprado e que vou falar sobre futuramente, mas isso eu só consegui indo ao único lugar possível para esse conseguir esse tipo de material: sebos. Se você tiver algum preconceito com coisas usadas/semi novas, é melhor por ele abaixo, caso contrário, você deixa de ter acesso a muita coisa massa e interessante a um preço acessível. Isso nos remete também ao preconceito bobo que os fans tem agora com material que não é mais canônico (e que pode ser abordado em outro momento).

fonte: internet

Uma outra coisa que eu acho interessante também são outros tipos de produtos que podem ser obtidos de formas não tradicionais, por exemplo, as pessoas geralmente já sabem do meu gosto por Starwars então elas costumam me dar coisas de starwars de camisas até brinquedos estranhos, e isso dá um gosto diferente pra minha coleção porque ela acaba tendo itens bem únicos. Acredito então que expressar seu amor a starwars pode te ajudar a conseguir algumas coisas, e devo dizer que algumas bem peculiares. Além, claro, ser rato de sebo e realmente fuçar nas coisas, isso pode ser mais interessante que juntar grana pra comprar coisas caras na internet que no futuro podem ser achadas de outros modos, de qualquer forma.

Acho que por fim, cabe a mim desconstruir o conceito de coleção que as pessoas geralmente tem. É ótimo comprar aqueles bonecos black series super modernos e ser “colecionista de coisas novas”, os jogos de tabuleiro, de videogame e inclusive livros de arte conceituais. As roupas novas que saem em lojas de departamento, e até mesmo as roupas de cama e mesmo alguns itens de decoração que estão na moda em lojas hipsteres. Confesso que meu sonho é poder comprar essas coisas sem culpa, mas acho que por um lado é bom não poder comprar essas coisas, ao menos temporariamente, porque isso me fez perceber outros materiais que me fazem tão feliz quanto se eu pudesse ter acesso a essas coisas caras, que mesmo sem poder aquisitivo, podemos topar com coisas raras e não caras, boas de se ter. Coisas que podem dar um pouco mais de vida a sua coleção, e até mesmo tirar a cara formal que ela teria se pudéssemos ter tudo e que, convenhamos, seria sem sal e “estática” demais, não nos levaria a lugar algum, seria quase um ter por ter, algo vazio. É, então, a minha coleção de starwars, do jeito que ela é, que faz com que as pessoas se interessem por starwars quando eu falo sobre, e ela que me influencia a dividir as coisas que eu sei de starwars com os demais, e esses momentos me fazem muito bem, que sem dúvida é algo bom para se colecionar também.

Por fim, um texto que acho legal sobre o assunto coleção é esse aqui.

;D

Like what you read? Give Joli Joli Joli a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.