No fim do mês

Na parede
com giz
você desenha seus sonhos
branco, laranja e rosa
e seu batom avermelhado

Não deixem que apaguem
seus sonhos
guarde-os num caderno,
ponha-os perto do peito,
com carinho, proteja-os

Estarei de volta
próximo ao fim do mês,
te levarei no cinema,
que é quando
começa o festival
de filme francês

Quero ouvir contigo
aquelas músicas ruins
que cê tanto gosta,
quero ver teu rosto
enquanto
The Smiths toca

Não pense assim,
não se perde tempo
correndo atrás de sonhos,
se perde tempo
vivendo no incomodo