Um exercício de futurologia

Não torço por isso, mas é o que aposto que vai acontecer:

2018 — Bolsonaro se lançará candidato à Presidência. Não terá votos suficientes para ir para um segundo turno, mas vai ter muito tempo de tela nos horários gratuitos e debates. Ficará mais conhecido e encontrará mais gente que pensa igual. Pessoal vai comemorar que ele não foi eleito presidente e também a sua saída do congresso.

2022 — Se lança candidato ao senado. Como serão duas vagas e com mais tempo de tela, vai ganhar e vai virar senador. Por oito anos.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.