É hora de aceitar que você não sabe nada de economia
Daniel Coutinho
7925

O gráfico com a percentagem de população vivendo com um rendimento diário abaixo de $1,9 tem em conta a desvalorização da moeda ao longo dos anos? Tem em conta o aumento do custo dos bens?

Em relação ao GDP per capita, seria útil indicar que percentagem do produzido fica para quem produz (por exemplo, eu posso produzir 100, mas ficar apenas com 1).

Além disso, que percentagem desse GDP se pode traduzir em bens consumíveis (um tomate, por exemplo) e que percentagem se traduz em bens “virtuais” (valor de acções, produtos “tóxicos”, crédito, especulação, etc.)?

A escassez não é manipulada pelos “mercados”? E os “mercados” não são manipulados?

O valor de um tomate pode variar conforme o custo do que é necessário para o produzir (preço da energia, do transporte, da mão de obra, da água, etc.) e das condições meteorológicas (apesar do cultivo em estufas amenizar este factor), mas não varia também por imposições dos mercados, que por sua vez manipularam também o custo dos factores que foram necessários para produzir esse mesmo tomate?

Tem razão, nenhum sistema é perfeito, mas na minha opinião o Capitalismo “Moderno” está a empurrar a Humanidade para o abismo.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated José Carvalho’s story.