Hackathon —A experiência

Aqui neste post irei relatar as minhas principais experiências com os hackathons e por qual motivo acredito nesse modelo educacional intensivo. Mas antes de tudo, precisamos entender o que é.

Hackathon significa maratona de programação. O termo resulta de uma combinação das palavras inglesas “hack” (programar de forma excepcional) e “marathon” (maratona).s.

Recentemente estive como mentor em um Hackathon que aconteceu no espaço do Living LAB no Mato Grosso do Sul que me fez parar e pensar realmente sobre esse tipo de evento.

Porém, antes de começar a explicar qual é a minha percepção sobre esse tipo de evento e como pode se tornar um novo modelo educacional, eu vou relatar o principal motivo que me faz apoiar este tipo de evento quando ele é feito com qualidade e seriedade.

Porém, vou fazer um review rápido dos melhores eventos que participei desde que mudei para São Paulo em 2007.

Yahoo Hack Day / São Paulo / 2008

O modelo Hackathon (Maratona de programação) eu conheci através de um evento que participei do Yahoo em 2008 chamado Yahoo Hack Day, 36hr de evento, 200 participantes e, 5 minutos para apresentar o problema e a solução. Nessa época eu tinha na minha cabeça o misticismo de que esse nível de evento era coisa de uma multinacional gigantesca, mas não é, é coisa de gente qualificada e comprometida.

O primeiro Yahoo Hack Day ocorreu em 2008 no SENAC-SP como um divisor de águas na minha carreira e foi feito no nível do Yahoo, de uma forma que a minha percepção sobre tudo mudou radicalmente. E isso só aconteceu com o trabalho pesado de muitas pessoas envolvidas na organização para fazer as coisas acontecerem perfeitamente aos participantes envolvidos, gerando assim uma explosão de pensamentos em um intervalo curto por profissionais de alto nível em diversas áreas. Como o Yahoo é uma multi nacional então o meu raciocínio era que para eles seria fácil reunir como mentores vários engenheiros, programadores, profissionais de comunicação, designers e etc. Para ajudar no desenvolvimento de novas soluções utilizando a estrutura para integração de serviços do Yahoo.

Em suas duas edições fiz muitos amigos e tive a oportunidade de conhecer diversas tecnologias que poderiam se tornar referência no mercado e hoje são, abaixo vou citar algumas que ainda lembro:

  • Domótica
  • Smart Weather
  • Robots
  • RFID
  • MongoDB
  • NoSQL

SMART Hacklab / Minas Gerais / 2013

Esse evento foi criado pela smartapps em 2013 como um modelo de teste para a plataforma SMART, voltado a integração de múltiplas profissões dentro das universidades com foco em adicionar inteligência no cenário de Internet das coisas. A proposta era simples, seria diferente para proporcionar uma experiência diferente. E assim, em duas edições o resultado foi: 14 equipes, 14 projetos e 14 startups.

Na smartapps temos a consciência que o mercado precisa de um amadurecimento, e a melhor forma de fazer isso é levando o conhecimento do mercado para dentro das nossas universidades. Nada como eventos intensivos unindo diversas áreas do conhecimento para solucionarem problemas.

Em 2013 isso ficou claro que não era algo apenas de uma empresa gigantesca, era possível fazer o mesmo que o evento do Yahoo tinha me proporcionado. Isso levou a UNIFEI (Universidade Federal de Engenharia de Itajubá) para outro nível e desencadeou um movimento na cidade vizinha chamada Santa Rita do Sapucaí, já conhecida como Vale da Eletrônica.

Mas assim como o Yahoo Hack Day, o Smart Hacklab também ficou marcado com a participação intensa dos envolvidos e foi o que transformou todas as idéias em realidade.

Intel Road Show / São Paulo / 2014

Esse é um dos eventos que tive a oportunidade de participar e que também me deixou com boas lembranças e a certeza que as comunidades de software livre tem realizado um trabalho de alto nível com dedicação e comprometimento.

O Road show da intel é um evento que já costuma reunir os melhores profissionais do país em único lugar, é basicamente essa a essência do evento, é possível aprender muito em pouco tempo. A oportunidade de criar algo junto com alguns dos melhores profissionais do País, torna o conceito do hackathon algo completamente interessante. Além de toda a estrutura da intel com mentores e acesso a novas tecnologias para internet das coisas.

Abaixo estão algumas tecnologias exploradas durante os hackathons da Intel que formam o cenário de Internet das coisas:

  • MQTT, ZEROMQ, MRAA, Jhonny-Five
  • Intel Galileo, Intel Edison, Genuino 101
  • Linux Yocto, Linux Wind River
  • Mcafee Security Suite
  • Beacons, BLE

Hackathon das águas / Mato Grosso do Sul / 2016

Esse evento aconteceu na cidade de Campo Grande e me surpreendeu com uma organização impecável que me fez refletir sobre o impacto gerado na sociedade com uma ação desse nível. Porém, analisando as mudanças que ocorreram em outras cidades, é possível notar que esse tipo de evento quando feito com a seriedade necessária gera um impacto social muito grande.

Basicamente durante o evento era possível observar o quanto o cérebro dos participantes envolvidos estavam fervendo, era uma sensação muito interessante vê de perto pessoas que não faziam idéia da existência de alguns conceitos mas que por si só já aplicavam e naturalmente as idéias tomavam formas ou renasciam. E isso tornou esse evento tão especial quanto o do Yahoo.

As equipes trabalharam pesado na criação das suas idéias, e com o pleno suporte todos os líderes de cada equipe apresentaram os seus protótipos funcionando. Simples, o evento foi criado com todo o suporte necessário para que as pessoas pudessem tornar as suas idéias realidade e não simplesmente se reunirem pra comer pizza e ficar falando besteira, elas estavam ali com um objetivo e conquistaram.

Mas tudo incentivava isso, até mesmo o pac man gigante dentro do living lab retrata a fome por conhecimento que os frequentadores do espaço possuem.

Living Lab (SEBRAE-MS)
Está localizado no Mato Grosso do Sul e merece uma visita. Na minha opinião, eu acredito que aquele é o modelo ideal para ser replicado ao redor do país como espaço voltado ao desenvolvimento de inovação e empreendedorismo.
E o living lab sob a gestão da Leandra tem feito um trabalho surreal não somente com jovens da área de tecnologia mas também com crianças de todos as classes sociais, isso é surreal.

A experiência com esse evento foi realmente interessante, o profissionalismo que os organizadores tiveram para lidar com as situações realmente ficará marcado na história e espero que mais eventos desse nível aconteçam no Brasil.

Eu definiria a organização como surreal, tinha absurdamente de tudo, comida, bebida, participantes, bombeiro, segurança, mentores, organizadores e etc. Basicamente todos os pontos muito bem pensados e planejados, algo difícil de encontrar no cenário nacional hoje.

Principais pontos que tornaram esse evento muito interessante:

  • A organização
  • Segurança, Bombeiro
  • A colaboração entre as equipes
  • Espaço aberto o tempo inteiro
  • Comida e bebida à vontade
  • Energético e café
  • Espaço para dormir no local do evento

Considerações

Já estive em muitos eventos dessa categoria, e observo alguns de perto. Até hoje, basicamente esses foram os eventos mais disruptivos que eu conheci e com uma organização completamente focada no bem estar dos participantes e na qualidade dos projetos que seriam desenvolvidos.

Antigamente chamávamos de “evento de canetinha” e o Yahoo não fez um evento assim, foi foda. Depois disso desencadeou alguns eventos dessa natureza e qualidade no mercado.

O Hackathon das águas, ficará na minha mente como um evento realmente de qualidade no nível dos melhores eventos que já fui.

Abaixo descrevi alguns pontos fundamentais que tornam a experiência em um hackathon completamente interessante que notei nos eventos acima:

  • Humildade
    É importante ter a consciência que nesse tipo de evento existem diversas pessoas com diversos tipos de conhecimento. Então procure aprender o máximo possível com todos.
  • Segurança
    É absurdamente importante que as pessoas nesse tipo de evento se sintam seguras para falar e para deixar seus pertences em qualquer lugar sem medo. Incentive isso, mas um esquema de segurança bem montado passa essa sensação naturalmente.
  • Colaboração e não competição
    Competir é importante, legal e divertido. Mas colaborar é algo que transforma a jornada. Quando todos se ajudam, idéias se transformam em realidade.
  • Mentores
    Não adianta fazer um evento dessa natureza apenas com mentores envolvidos no mesmo contexto, é necessário uma grande diversidade para que os participantes possam ter segurança para transformar qualquer idéia em realidade.

Agradecimentos

Esses eventos só ocorreram graças a pessoas muito dedicadas em fazer as coisas acontecerem e com uma qualidade profissional incrível, aqui vai o meu obrigado por terem proporcionado eventos com essa qualidade para o desenvolvimento do cenário de inovação no Brasil.

Organizadores:
Marcelo Siqueira — PHP-MS
Leandra — Living Lab/SEBRAE-MS
Jomar Silva — Intel
Vinicius Senger — Globalcode
Yara Senger — Globalcode

Empresas/Instituições:
Águas Guariroba
SEBRAE-MS
SEBRAE-MG
SENAC-SP
Yahoo!
Intel
Insper

Em um outro momento explico um pouco mais sobre alguns outros tipos de eventos que já tive oportunidade de participar como Startup Weekend, PHPinga, PHPub, Campus Party, FISL, Latinoware e etc.

J.W