Como aprendi a ganhar XP na vida real com jogos virtuais
Paulo Andrade
1491

Boa tarde meu brother,

Rapaz, primeiramente parabéns pelos três artigos…parabéns mesmo, eu relembrei muita coisa da minha infância em cima do que você ia falando e é esse sentimento de amor aos games, tantos os antigos aos atuais que levo como estilo de vida, a minha infância foi fantástica em relação desde a guardar dinheiro para alugar aquela velha fita de final de semana até esquecer da vida por causa de amor a um jogo, nunca fui de jogar muito jogo no computador, só mesmo console. O meu primeiro foi um super nintendo que infelizmente eu nem sei aonde ele está hoje e depois foi paixão a primeira vista o playstation 1 e isso está até hoje, mas guardo um carinho muito grande com os SNES, principalmente com os jogos como Mario, Donkey Kong, Castlevania e muitos outro, ainda tomo coragem para criar escrever alguma coisa em relação a isso, continue a escrever que é muito massa. Parabéns mesmo, abraços.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.