3 Lições que o Meu Gato me Ensinou

Nestes meus 26 anos de vida, já tivemos uns quatro cachorros em casa. Há um pouco mais de dois anos, adotamos pela primeira vez um gato, na verdade uma gata — A Blueberry (para os mais íntimos, Blue). Foi e tem sido uma experiência bem diferente. Nessa nova relação eu-gato, pude aprender algumas coisas:

1 — RESPEITE A INDIVIDUALIDADE DO OUTRO. Nem sempre a Blue quer meu carinho e minha companhia. E isso não significa que ela gosta menos de mim. Ela quer apenas um tempo para ela ou está ocupada brincando como uma pantera na selva. Sei que logo mais ela vai querer estar comigo. Nisso, aprendi que devemos respeitar o tempo e espaço do outro e ser menos carentes.

2 — NEM TODOS VÃO GOSTAR DE VOCÊ E ISSO NÃO IMPORTA. Muitos dizem que não gostam de gatos, podendo ser por diversos motivos, mas muitas pessoas mal conviveram com um gato para ter tal opinião. Porque quem já teve ou tem um gato não tem como não ser apaixanado por eles. E o mesmo pode acontecer com você. Pode haver gente que diz não gostar de você (e mal te conhece!). Mas quer saber? Isso pouco importa! O que importa são as pessoas que te amam, que gostam de você. Foque sua atenção nelas e seja feliz.

3 — SEJA AUTÊNTICO. Tem horas que a Blue é carinhosa, em outros momentos fica mais tímida, às vezes não dá bola pra nada e às vezes se diverte com pouco (com uma bolinha de papel por exemplo). Têm momentos que ela se acha a rainha da cocada preta, subindo o armário mais alto, e por vezes fica meio brava, dando patadas e reclamando com miados. Ela não tem medo de mostrar suas vontades, se achar e às vezes xilicar um pouco (porque depois volta tudo ao normal e está tudo bem). E essa autenticidade a torna muito linda e atrante.

Os cachorros já me ensinaram muito também, mas a Blue me trouxe essas reflexões nesses dois anos de convivência e com certeza vai me ensinar muito mais.