Por que escrevo todo dia?
Marcelo Da Silva Antunes
42

Marcelo, que artigo! Acho que abraça cada um de nós que segue nesse caminho ora tortuoso, ora tranquilo do excesso livre de emoções e pensamentos. Vi o documentário da Amy Winehouse ano passado e num certo trecho, ela dizia que escrevia porque era fodida da cabeça e essa era a forma que ela tinha de pôr pra fora. Nós aqui, escritores ou quase isso, nos encontramos mais e melhor quando formamos essas coisinhas por aqui. Obrigada pelas palavras tão sinceras e tão delicadas!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.