Fugindo um pouco, é interessante pensar em como isso pode refletir/formar a identidade de um usu…
Mirle Ferraz
1

Olá Mirle! Essa questão também é pontuada no livro. As autoras escrevem que o usuário de Twitter acaba criando uma persona com base no inflow/outflow, ou seja, com base no tipo de conteúdo que posta, retuita, recebe. Como uma estratégia de marketing pessoal/profissional/afetivo, ainda que de forma involuntária. Isso é bem interessante e me chamou bastante a atenção, pois é algo que realmente diferencia o Twitter das demais redes sociais. :)

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Julia Dantas’s story.