as flores, as flores
estão concretadas

mas olha, olha o concreto
está rachando

Goiana, PE 23/8/15

Amado, estive organizando
muitas muitas coisas
correndo atrás de mim
e com muito, muito medo
pois nas conversas com o barman
as passagens estavam carimbadas
e os destinos apontavam só o extremo sul

esqueci que tinha aprendido a morte
esqueci da chave na minha mão
só via os neons close
e tantos tantos véus
que até estranho quando falas do silêncio
pois quando cantei o seu nome de tantas formas
você estacou
a menina perguntou
podemos brincar bem muito?
a bela plantou uma semente
de frondosas possibilidades
a alta afirmou
você altera minha química
e nenhuma, nenhuma resposta
não havia terreno firme por caminhar.
Eu vi o que vi no escuro
mas muito mais me marcou a mão
ternamente colhendo a minha e um sorriso banhado de sol
com as ausências pensei estar enganada.

esse extremo sul tem umas cidades de prenome Zyka,
terras de grande batalhas e o medo que tenho
da megera a qual fui apresentada na casa do esquecimento
quero acreditar que ela se manifestou por falta
de oferendas de cumplicidade, mas eu realmente não sei quando ela se manifesta,
com ela as viagens com outras asas são veementemente abominadas

não quero que ela subtraia nenhuma das nossas experiências,

outro carimbo rorschach na passagem
eu diviso as grandes mortes de mim
do menino luar e da menina lua
medo e desejo se misturam
se assomam a noção de que ninguém merece esse planeta
tenho medo do tanto amor querer se multiplicar
e se ver preso na jaula da conta pra pagar
e das possíveis viagens intergalácticas
tudo isso pesa pesa pesa
pesam essas desistências e o desejo de aninhar

outra Zyka são as linhas da mãe
flores que foram concretadas
pela lida do dia, por falta de sabedoria
e essa presença do macho antigo me dá medo
e meus moldes a esse antigo
também ficam se perguntando se tudo isso
seria delegar poder demais

sem falar nas coisas que ainda
quero muito mudar em mim, cuidados
expressões, a casa a cuidar,
tratar a terra, tratar a raiz

diviso tua brisa
teu abraço teu abraso
e me perco, e desconcerto
pois sei o quanto digno tu és do derramar da fartura do universo
por favor não se receie dos cânticos anteriores
tudo teu já estava aqui e não aparecias….

mas por favor me conte
das suas viagens àquelas terras de prenome estranho
quero vê-las

Um beijo suave e sossegado

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.