Impactos das mídias digitais na publicidade e propaganda

A internet começou a ser explorada nos anos 90, onde a publicidade offline era apenas transpassada para plataforma online. Atualmente a publicidade está presente em uma variedade de espaços, veículos, aplicativos, plataformas, sendo explorada em novos formatos para diferentes públicos e com finalidades distintas.

A TV, internet, celular, plataformas digitais, jogos eletrônicos e outras ferramentas vieram facilitar a interação entre empresas e consumidores, impulsionando a venda através da agregação de valores ao produto, obtendo resposta direta.

Novas demandas também surgem, o consumidor não quer apenas comprar, ele quer conteúdo, dicas, uma relação de consumo que vai além da compra. Assim cria-se um laço de confiança, fazendo o consumidor ser leal à marca, ao produto.

As empresas que não proporciona experiências agradáveis aos clientes corre o risco de perder sua credibilidade. Hoje o público sabe o que quer consumir e não se vende por falsas promessas. Além disso o consumidor se torna porta-voz da marca e acaba sendo um formador de opinião, o que faz com que a relação consumidor-empresa precise ser levada com muito respeito.

Por ter baixo custo a mídia digital é uma boa alternativa para pequenas e médias empresas. Fazendo um mapeamento de informações sobre o mercado online é possível criar indicadores, metas e objetivos a serem atingidos; também se deve ter extrema atenção ao monitorar a concorrência e o que os clientes dizem de sua marca.

O futuro são as mídias digitais. A TV não perderá seu alto poder de mídia de massa, porém terá novos concorrentes — ou aliados — dentro de um planejamento de comunicação.