Ressignificação do meu eu

Maquiagem & Empoderamento

Eu amo maquiagem! (nossa, jura?), mas esse texto é para falar sobre cara limpa.

Olá meninas e meninos, tudo bem? No post de hoje vou ensinar para vocês sair de casa de cara limpa! Pode parecer fácil, mas tempos atrás eu me peguei não conseguindo seguir esse tutorial. A gente tem aqueles rituais, né? Acorda de manhã, lava o rosto, toma banho, passa creme, passa primmer —ai, hoje vou fazer uma make básica rapidinha. e,começa: base, corretivo, outro corretivo para iluminar, pó, contorno, blush, iluminador, faz a sobrancelha, esfuma um marronzinho -nossa, aquele mais escuro vai ficar com uma profundidade mara, só um delineador agora, e se eu passasse mais aquela sobra de brilhinho? rímel, muito rímel, um lápis nude na linha d’água — só para aumentar o olhar! batom e fim! fim? mas não era uma coisa rapidinha?ok, minha pele tá digna de uma Kardashian (apenas amo, ainda esperando o dia que me descubram que eu sou a irmã perdida), mas eu só estava indo comprar pão! precisava disso? não. Tá, não era pão, mas para fazer essa pele das deusas, demorava e demoro, eu sempre me atrasava, perdia início de aulas, tempo com os amigos, etc (pausa dramática feita pela canceriana).

Continuei nesse meu amado ritual até começou uma tendencinha que me revoltou “a modinha agora é: make nada,natural, nasci assim linda e não preciso de reboco,bases aquosas de textura fina, a volta do rímel transparente”. Teve Alicia Keys falando que tinha parado de usar make na premiação (e você como boa observadora conseguiria listar uns 3 produtos de maquiagem usados por ela, mas ok). Foi quando eu parei para pensar a razão disso me incomodar tanto…

Meu nome é Juliana e eu sou viciada em maquiagem — quando percebi aquela minha paixão por tutoriais, produtos, maquiagens artísticas, tendências, lançamentos, tinham virado uma muleta para mim. Ainda acredito que sim, maquiagem é algo muito emponderador, de auto conhecimento e um exercício constate de auto-aceitação.Afinal, você não se maquia para esconder defeitos, você se maquia para realçar sua beleza! mas você é bela sem nada também! Ainda tenho meus poréns com essa tendência da make natural (quem sabem em outra reflexão eu desenvolvo isso).

Bom, esse texto,ironicamente, surgiu da ideia do curioso caso de amigos/conhecidos/etc que vem falar comigo sobre make, e né, eu amo, como dica boa é dica compartilhada vou começar a escrever umas coisinhas sobre make e afins (e não, não vou virar blogueira).