25 coisas que aprendi aos 25 anos

1 — Você não está velho (a).

Pode ser que quando você tinha 17 anos ter 25 parecia uma vida de distância, mas a idade chegou e você tem que aceitar isso. Provavelmente você criou expectativas irrealistas sobre como sua vida estaria aos 25 anos, e é normal não ter alcançado seus objetivos ainda. Mas, objetivos mudam, e você ainda é jovem. Pare de analisar tanto a sua idade e de comparar a sua vida com a do seus pais quando tinham a mesma idade que você.

2 — É normal ficar na dúvida.

Seja sobre um relacionamento, sobre a carreira, sobre qual é seu sabor de pizza favorito. Dúvidas são uma coisa normal e não é fácil tentar levar a vida tentando ter certeza absoluta de tudo.

3 — Você vai ter que aprender a ser financeiramente responsável.

Lidar com dinheiro pode ser um saco. Você está começando a sua vida financeira, então você provavelmente vai ganhar bem menos que gostaria. Ser financeiramente responsável é uma chatice, mas você vai ter que aprender, nem que seja na marra. O melhor é você saber disso logo de cara e evitar ter que lidar com os problemas financeiros acumulados no futuro.

4 — Mas é ok se permitir exagerar de vez em quando.

O melhor seria você quitar o financiamento do carro, mas você prefere viajar. A decisão responsável seria não ir ao casamento da sua amiga em Pernambuco, mas você prefere parcelar a viagem no cartão a perder esse momento. Tudo bem, não dá pra ser responsável o tempo inteiro.

5 — Valorize seus amigos próximos.

Mostre o quanto eles importam pra você. Manter uma amizade também requer sacrifícios. Manter amigos de longa data é trabalhoso, então faça sua parte. Seja ir em um jantar pra colocar o papo em dia depois de um dia exaustivo no trabalho, ou fazer aquela viagem pra visitar, mesmo que seja pra passar só um dia juntos.

6 — Mas, permita-se fazer novas amizades.

Fazer amigos com 25 anos não é fácil como era no colegial. Mas, se prender a sua zona de conforto não é saudável. Permita-se conhecer novas pessoas e deixar que elas entrem na sua vida. Você vai se surpreender.

7— Você precisa se livrar dos relacionamentos tóxicos da sua vida, por mais que doa.

É provável que você tenha alguém na sua vida que você sabe que não te faz bem, mas, por medo, insegurança, ou pelo simples fato de estar acomodado, você deixa a pessoa continuar existindo no seu mundo, sugando sua energia, quando você poderia estar bem melhor sem ela. Analise as pessoas que te fazem mal e calcule se realmente é bom pra você não se afastar delas.

8 — Se um relacionamento faz você querer ouvir Adele ou Rihanna ft. Eminem o tempo todo, é hora de seguir em frente.

Terminar um relacionamento (principalmente se for muito longo) nunca é fácil. Mas existem certos tipos de relações emocionalmente exaustivas e viciantes. Não é fácil reconhecer que um relacionamento é desgastante e te faz mal. Mas chega uma hora que é preciso terminar e se permitir novas experiências.

9 — Tudo bem ser um pouco egoísta.

Uma das grandes dificuldades de se tornar adulto é que você precisa, realmente, colocar seus interesses em prioridade. Às vezes isso não é fácil e pode parecer egoísmo. Mas, confie nos seus instintos e saiba quando é a melhor hora de se valorizar independente do que vão achar disso.

10 — Valorize sua família, mesmo se eles só te encham o saco.

É complicado começar a fase de ser adulto quando seus pais ainda te tratam como adolescente. Ou querer fazer aquela viagem para passar o Ano Novo com a família quando você poderia ir pra algum lugar mais divertido com seus amigos. Mas a intenção deles é a melhor e eles querem seu bem. Você não precisa escutar tudo que eles falam, mas faça um esforço para ser presente. Você não vai se arrepender.

11 — Saiba dizer não.

Dizer não é difícil. Mas, não tenha medo. Se algo não for bom pra você, não tenha medo das consequências e diga “não”. Seja para um amigo, namorado (a) ou no trabalho. Não permita que abusem da sua boa intenção e do seu medo de rejeição. Mas não exagere. Avalie as situações e tome a decisão que acredita ser a melhor.

12 — Você vai sentir falta de ser adolescente, e isso é normal.

Crescer não é fácil, e você vai se pegar sentindo falta de ser adolescente mais do que gostaria. Mas, ser adulto é uma coisa incrível, e você não pode esquecer de ver os lados positivos de toda essa responsabilidade de gente grande.

13 — Você não vai se sentir um adulto o tempo todo.

Na maior parte do tempo você vai levar a vida sem saber o que está fazendo. Todo mundo se sente assim. Muitas vezes você vai achar que não é maduro o bastante para ter 25 anos. Mas você é, fica tranquilo (a).

14 — Seus gostos vão mudar, permita-se isso.

Você vai perceber que seus gostos não são os mesmos, seja para livros, passeios ou pessoas. Procure coisas novas que te agradam, não fique apenas no que já conhece. Se permitir novas experiências, mesmo que acabe não gostando de todas, pode te surpreender positivamente.

15 — Insegurança não desaparece com a idade, mas você vai saber lidar melhor com isso.

Você vai aprender a lidar melhor com as suas inseguranças. Elas ainda vão existir, mas você vai saber compreender melhor como superá-las e fazer o máximo pra que elas não afetem muito sua vida.

16 — Cuide do seu corpo, saúde é importante.

Pode parecer que não, mas você não é invencível. Com 25 anos você percebe que a ressaca começar a ficar pior, e aprende que tem que tomar mais água quando bebe. Sono é uma coisa que não pode ser deixada de lado, e você vai aprender isso do jeito difícil. Você vai aprender que tem que fazer check ups anuais e que não dá pra sua mãe marcar todas as suas idas ao médico ou ao dentista.

17 — Não fique se comparando aos outros.

Não importa se seus amigos estão casando, tendo filhos, aproveitando a vida de solteiro, viajando o mundo, comprando uma casa, morando em Londres. Não se compare as pessoas da sua idade (na verdade, não se compare a ninguém). Cada um vive uma jornada individual, mas todo mundo tem problemas. Faça o melhor que você pode, para ser o melhor que você pode ser. Quando você faz o melhor que pode, comparações são irrelevantes.

18 — Arrisque-se mais.

Você está na fase da vida onde cometer erros é uma forma de aprendizado. Não tenha medo de se arriscar por receio de estar cometendo um erro. Você pode se surpreender.

19 — Não tenha medo de mudar.

Pessoas mudam. Permita-se isso. Não fique preso ao que você já foi. Se você acha que o melhor pra você é algo novo, não tenha medo. Vá em frente. A hora é agora.

20 — Você vai se distanciar de algumas pessoas, isso é normal.

A vida acontece e às vezes isso nos faz perder com contato algumas pessoas pelo caminho. Isso é triste, mas é a vida. Não se martirize pelo que passou.

21 — Procure um trabalho que te faça sentir bem, mas entenda que você precisa pagar as contas mesmo que não encontre o trabalho dos sonhos.

Isso é uma das maiores dificuldades de ser adulto. As contas precisam ser pagas e você precisa aprender a fazer isso sem a ajuda dos seus pais. Mas, nem sempre nós encontramos o trabalho dos sonhos logo que saímos da faculdade. Você vai precisar fazer um pouco de sacrifício e trabalhar para pagar as contas. Isso é ser adulto. Mas não desista de continuar procurando o que te faz feliz.

22 — Controle seus pensamentos.

Não fique se martirizando caso as coisas não sejam do jeito que você planejou. O passado é o passado. Faça o melhor que pode e tente afastar os pensamentos negativos em relação a você mesmo. Você tem a capacidade de se auto sabotar e nem imagina como os seus pensamentos podem te afetar.

23 — Desconecte-se de vez em quando.

Ocasionalmente, tire um tempo de férias do mundo online. Isso pode recarregar suas energias e vai te fazer mais bem do que você imagina.

24 — Assistir Netflix com alguém é muito mais legal que sozinho (a).

Ter alguém pra compartilhar as maratonas da sua série favorita a torna muito mais divertida. Seja com quem for, sua irmã, seu melhor amigo ou seu namorado (a).

25 — Nunca é tarde para recomeçar.

Nunca mesmo. Seja com 25, com 15 ou com 80. A vida não para e a gente também não precisa parar. Sempre é tempo de aprender e de se arriscar com coisas novas.