Proponho algo diferente hoje!

Tem bastante gente que curte e compartilha meus conteúdos, de diversos lugares do Brasil (e alguns até de fora) que, ainda, não tiveram a oportunidade de participar de uma palestra ou treinamento comigo.

A parte teórica no desenvolvimento humano, profissional e dos negócios é importante? Sim, com toda certeza!

No entanto, é na prática que as coisas acontecem.

Você não pode, ao terminar de ler uma receita de bolo, dizer que sabe fazer o bolo propriamente dito.
Há que se praticar e verificar os resultados, certo?

O que proponho hoje é um exercício de percepção de liderança.

As regras são bem simples:

1. Escreva o nome das três primeiras pessoas que lhe vêm à mente quando você pensa na palavra Líder. Podem ser homens ou mulheres, da política, das artes ou dos negócios. Pessoas do passado ou do presente;

2. Depois escreva os atributos de liderança ou habilidades que cada uma dessas pessoas possui;

3. Analise a lista de atributos e marque com um OK ao lado daqueles que você já possui e com um X ao lado daqueles que acha que deve lapidar.

4. Crie um plano de ação QQPC para desenvolver essas habilidades. Ou seja: o Que precisa ser feito, Quando, Porque e Como.

Com esse simples, mas poderoso exercício, você será capaz de ampliar a sua percepção de Recursos (o que tenho e o que me falta para chegar mais perto dos meus objetivos).

Compartilhe comigo nos comentários as 3 pessoas ou líderes que te vêm à mente, seus atributos, o que você têm e o que te falta e o que fará para melhorar esses atributos que precisam ser desenvolvidos.

Quando jogava Rugby, o técnico dizia para nós: Descanse correndo. Se estiver cansado demais, descanse trotando. Se estiver quase exausto, descanse andando. Ou seja, diminua o ritmo, mas não pare.

Isso também serve para determinados momentos de uma escalada.

Fazer exercícios de reflexão nos ajuda a diminuir o ritmo, pegar novo fôlego e recalcular a rota.

Compartilhe nos comentários!

Nos vemos no topo!