Principais aspectos que devem ser analisados na contratação de um advogado

Principais aspectos que devem ser analisados na contratação de um advogado

Encontrar um profissional capacitado para atender as demandas de um escritório de advocacia é tarefa árdua. Além de ter que selecionar os candidatos é preciso se preocupar com as condições sobre as quais este será contratado.

Parece simples, mas alguns cuidados devem ser tomados na hora de contratar um advogado. Confira abaixo uma lista de quesitos que devem ser analisados e algumas medidas que precisam ser tomadas na hora da contratação.

Analise a reputação do advogado

Antes de contratar um advogado é preciso ter informações a respeito dele, seja com a relação com antigos clientes, seja com empregos anteriores em escritórios e também descobrir a situação do profissional perante a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). A partir dessas referencias é possível analisar a reputação do advogado e ver se os seus serviços vão se adequar ao novo emprego.

Perceba de há sinceridade

Este funcionário que será contratado levará o nome do seu escritório de advocacia nas costas, lidará com os seus clientes e deve ter o máximo de honestidade na hora de relatar situações por quais já passou. Saber alguns exemplos de ações que ele já trabalhou é fundamental, também é preciso saber dos grandes feitos de sua carreira e das suas maiores perdas.

Atente à ética profissional

Assim como em qualquer profissão, a advocacia tem o seu código moral, que deve ser seguido por todo profissional que optou por esse caminho. A disciplina moral tem relação direta com o andamento que o advogado vai dar para determinada ação, tendo que, muitas vezes, contrariar o cliente no que se refere aos padrões éticos.

Veja se há persistência

Por ser uma profissão altamente burocrática, é necessário que o candidato tenha traços persistentes para seguir no processo de seleção. Existem ações que demoram anos para terem solução legal, portanto é fundamental que o advogado seja persistente na sua causa, sempre priorizando o bem do seu cliente e de forma ética.

Flexibilidade

O advogado deve estar sempre disposto a admitir seus erros, quem persiste na falha acaba por ser desacreditado pela equipe, podendo causar discórdias ou problemas ainda maiores. A flexibilidade é uma característica que envolve também saber ouvir e se adaptar ao meio em que está atuando, sem perder seus valores.

Capacidade de interação

A comunicação não pode ter ruídos dentro de um escritório de advocacia. É preciso trabalho em equipe e, além disso, uma boa comunicação entre os envolvidos, pois só assim um problema pode ser solucionado com agilidade e clareza. Respeitar opiniões alheias, saber discutir posições e negociar contrariedades é uma das mais importantes qualidades para o profissional, pois assim a empresa tende a crescer unida, sempre contando com o apoio da equipe.

Após a seleção feita e o funcionário já estar com sua vaga garantida, ainda existe trabalho a se fazer. Assim como em qualquer área existem alguns acordos e registros preliminares à colocação do advogado frente a frente com o cotidiano do escritório, mas com uma seleção qualificada é possível se obter sucesso em uma contratação, diminuindo a chance de arrependimento por parte da empresa/escritório.

Gostou das dicas? Comente abaixo.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.