Ansiedade e suas partes— Ansiedade, ansiedades #2
mariana alvares
1795

Mariana, sua série está surpreendente. Você reuniu em si uma capacidade de análise impressionante. Digo isso porque me reconheci demais nos seus dois textos, e fiquei muito surpresa que você descrevesse aquele turbilhão que vez em quando me assola e eu não conseguia nomear com tanta clareza (Sim, às vezes tenho gastrite, e comecei a sentir essas dores numa situação de muito estresse no trabalho).

Tenho tomado alguns cuidados para evitar crises maiores, como deixar de tomar café, achocolatado (principalmente em dias de maior tensão é item proibido), tento deixar o espaço organizado, tomo chá de cidreira e faço terapia e aromaterapia (óleos de alecrim ou laranja doce, mas estou investigando mais a fundo). Também deixo às vezes de acompanhar redes sociais. E meu marido e 3 amigues são meus maiores alicerces, têm me ajudado muito com cada crise.

Precisamos aprender a lidar com cada situação conosco mesm@, pois como você disse, com cada pessoa vai ser diferente. Hoje tenho esse caminho mais claro pra mim. Obrigada pelos seus textos!

PS: tem algo que me faz dar voltas no pensamento, que é pensar se a ansiedade é desencadeada por lembranças ruins ou se o próprio ato de lembrar já é a ação da ansiedade. Curioso! Não tenho resposta pra isso, nem espero que tu tenhas, mas só pra compartilhar!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.